Vocalista dos Génesis aposta em carreira a solo

Punidor, vocalista principal do grupo Génesis, lança em Outubro o seu primeiro disco a solo, intitulado “Mãe Grande”, durante uma sessão de venda e assinatura de autógrafos na Praça da Independência, em Luanda.

 

O disco, que tem produção do próprio artista, apresenta 14 temas de zouk,  r&b e afro beat, e foi gravado em Angola e misturado em Lisboa, por Carlos Djuvantes.


O álbum tem as participações vocais de Heavy C, Yola Araújo,  Anselmo Ralph, Pérola, Eddy Tussa, Abdiel e Leo My. A distribuição vai ser feita pela produtora Kiyama Eventos. Punidor referiu que este disco é um desafio às suas capacidades.


“É um trabalho que representa uma nova fase profissional que estou a viver e a diversidade de géneros musicais em que apostei só prova que me tornei um artista mais multifacetado. A ideia é mostrar as minhas emoções”.


O artista explicou que a aposta numa carreira a solo não vai acabar com os Génesis, grupo musical que tem até novos projectos em carteira que devem ser anunciados nos próximos meses. “O grupo Génesis não foi extinto, pois é uma família”, acrescentou o vocalista da banda.


Para a promoção do disco, Punidor apresentou recentemente em Luanda, o single de cinco músicas com título homónimo ao do álbum, e os videoclipes dos temas “Viver sem ti” e “Mãe Grande”, dirigidos pelo moçambicano Marcel e B. Phill, da produtora Eroll.


Punidor, nome artístico de Fernando Kijingo, é um dos artistas da velha escola do movimento hip hop nacional. Com o grupo Génesis, onde divide o palco com Action Nigga, tem editados os discos “Valorize o Angolano” e “Renascer do Meu Povo”. O grupo lançou “Firmes”, um álbum que conta com a colaboração dos músicos Edmásia, Mister K e D. Playa.


A partir de 2012, a dupla começou a subsidiar as propinas dos deficientes auditivos do Colégio Mártires do Uganda, em Luanda, com fundos arrecadados nos concertos mensais denominados “Domingão do Amor”.

 

Fonte: Jornal de Angola

 

Rádio Jet7 Angola

Vídeos Sugeridos

Procurar Vídeo