Salú Gonçalves questiona lei que proíbe danças com gestos “eróticos”

Luanda - O radialista da Rádio Nacional de Angola Salú Gonçalves questionou nesta terça-feira a norma deontológica, consubstanciada na carteira profissional do artista, que proíbe danças com gestos “eróticos”.
 
Salú Gonçalves é de opinião que esta norma pode inibir a veia artística dos criadores e descriminar alguns estilos de dança.
 
“A dança africana em geral envolve muitos gestos que se assemelham a sinais eróticos. O quê que a UNAC vai fazer em relação a tudo isso", interrogou o profissional após um encontro entre a instituição e agentes culturais sobre a entrada em vigor deste documento.
 
“O quê que, em termo de dança, não está ligado a gestos eróticos: a dança clássica ou a forma rude com que se dança o Kuduro”, perguntou.
 
Salú Gonçalves afirmou ainda não estar de acordo com determinadas formas de se dançar, mas aconselha a uma melhor avaliação sobre o assunto por parte dos artistas e da UNAC.
 
 
Fonte: Angop

Rádio Jet7 Angola

Vídeos Sugeridos

Procurar Vídeo