Sabino Henda actua em Macau com a sua banda

Sob o lema “Cantar Angola”, a caravana artística angolana, composta por Sabino Henda, banda musical Acapaná e as bailarinas Janeiro e Niusa, realiza hoje no Largo do Senado (Samalou em chinês), o segundo espectáculo em Macau, no âmbito Festival da Lusofonia, que se realiza de 20 a 30 deste mês, naquele território asiático.

 

Manuel Gonçalves disse, ontem, ao Jornal de Angola que, para esta noite, a caravana fez um grande ensaio que atraiu um considerável número de pessoas, “o que demonstra a simpatia e admiração do povo de Macau para com a cultura africana e em especial a de Angola”.

 

O primeiro contacto entre os músicos angolanos e o público de Macau foi no dia 21, no Anfiteatro das Casas-Museu de Taipa, naquela que foi a estreia dos angolanos no festival, um espectáculo assistido por um público caloroso e receptivo, que ficou contagiado e maravilhado com a forma de dançar das bailarinas.O Festival da Lusofonia insere-se na semana cultural da China e dos Países de Língua Portuguesa, apresentando pela primeira vez uma mostra de gastronomia dos países de língua portuguesa, num restaurante local.

 

Além de Angola, participam no festival Portugal, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Timor-Leste, São Tomé e Príncipe, além de Goa, Damão e Diu que, ao longo de dez dias, vão divulgar as respectivas culturas. Macau é o único local na China a acolher uma iniciativa do género pelo seu papel político-estratégico de plataforma com os países de língua portuguesa.

 

O festival inclui também uma feira de artesanato com dez expositores das comunidades lusófonas locais e um da província chinesa de Jiling. Exposições da artista timorense Maria Madeira e de Manuela Jardim, da Guiné-Bissau, jogos tradicionais portugueses, torneios de matraquilhos e de futebol, e passeios de pónei para crianças, são outras das atracções do evento, que vem sendo realizado desde 1998.

 

O Festival foi criado inicialmente como parte integrante das comemorações do Dia de Portugal e das Comunidades Portuguesas (10 de Junho), posteriormente transformou-se num evento mais alargado que divulga a cultura de todos os países de língua portuguesa.

 

Fonte: Jornal de Angola

Rádio Jet7 Angola

Vídeos Sugeridos

Procurar Vídeo