RNA divulga lista do Top dos Mais Queridos de 2011

Luanda - A Rádio Nacional de Angola anunciou hoje, em Luanda, os dez finalistas da 21ª edição do Top dos Mais Queridos, cuja gala de premiação realiza-se a 1 de Outubro.

 

Falando em conferência de imprensa, o coordenador do prémio, Salú Gonçalves, disse estarem apurados os músicos Anselmo Ralf, Celma Ribas, Paulo Flores, Paul G, Puto Português e Kid MC, bem como os duetos Ary/C4 Pedro, Nicol/Walter Ananaz e os grupos Zona 5 e Banda Maravilha.
 
 
Explicou que o vencedor será encontrado com a soma dos cupões de voto saídos de todas as províncias do país, somados às mensagens telefónicas e por Internet que os concorrentes receberem, até finais do mês de Setembro.

 

Para esta 21ª edição, adiantou, o prémio global é de 50 mil dólares norte-americanos, sendo 20 mil para o primeiro, dez mil para o segundo e oito mil para o terceiro classificado.

 

Salú Gonçalves informou que nesta edição haverá também o prémio da crítica, cujo vencedor terá direito a dez mil dólares.

 

De igual modo, precisou, haverá o prémio revelação coca-cola, devendo o vencedor receber dois mil dólares norte-americanos.

 

Informou que na gala de premiação deste ano será homenageada a cantora Yola Semedo (vencedora do Top dos Mais Queridos em 2010) e o instrumento musical Ngoma, além de alguns executantes de batuque, dos quais destacam-se as integrantes da galeria Sela Mar, Balett Tradicional Kilandukilo, Joãozinho Morgado, Massano Júnior e Dalu Roger.

 

Em 2010, os músicos seleccionados para a final foram: Ary, “Vai dar bum”, Konde, com “Ouvi falar”, Irmãos Almeida, com “Duas”, Proletário, com “Kimbombeia”, Yola Semedo, com “Injusta”, Própria Lixa, com “Sabaló”, Walter Ananás e Nico Ananaz, com “Mboia”, Puto Português, com “Tá mal”, Gisela Silva, com “Xinguilar”, e Cabo Snoop, com “Winbeck”.

 

Segundo Salú Gonçalves, as músicas concorrentes em 2011 apenas serão anunciadas no dia da gala de premiação, sublinhando que os votos passaram a ser esse ano baseados nos artistas, invés das músicas, como era no passado.
 
Fonte: Angop

Rádio Jet7 Angola

Vídeos Sugeridos

Procurar Vídeo