Pugilista angolano Tony Kikanga descobriu talento para o Boxe numa briga

Pugilista angolano Tony Kikanga descobriu talento para o Boxe numa briga

 

Uma briga à porta de uma discoteca, à noite no Porto, em Portugal, trouxe Tony Kikanga ao mundo do boxe.

 

Imigrante ilegal, a viver do trabalho nas obras, Tony Kikanga foi descoberto por um taxista e treinador de boxe, quando estava a ser agredido por cinco pessoas. As tácticas evidenciadas por Kikanga, que já era iniciado de boxe em Luanda antes de imigrar para Portugal em 1991, convenceram o taxista que assistia de longe a briga.

 

Depois de se livrar dos seus agressores, Kikanga foi “perseguido” durante muito tempo pelo taxista que o pretendia recrutar para o seu clube de boxe. Como “sem papéis”, Tony Kikanga fugia do taxista por suspeitar que fosse um agente da Polícia que o perseguia para o deportar. Até um dia se convenceu que devia aceitar o convite. O percurso do Campeão Mundial de Boxe U.B.C. (Conselho Universal de Boxe, na sigla inglesa), na categoria de meio-pesado, tinha começado a partir daí.

 

Fonte: Jornal de Angola

Rádio Jet7 Angola

Vídeos Sugeridos

Procurar Vídeo