Patrocinadores retiram patrocínio a Michael Schumacher

A imagem de Michael Schumacher já não está associada às marcas suíças Jet Set e Navyboot. As empresas pertencem ao empresário Phillipe Gaydoul, e segundo o jornal suíço Nordwestschweiz, as marcas não possuem mais nenhum vínculo com o heptacampeão de Fórmula 1.

 

 Patrocinadores retiram patrocínio a Michael Schumacher

 

Os motivos do fim do contrato não foram revelados. O ex-piloto ganhava anualmente cerca de 4,2 milhões de euros para representar estas marcas.

 

A Mercedes, equipa pela qual o ex-piloto corria, já se pronunciou sobre o assunto e afirmou que não pretende retirar os seus investimentos na recuperação de Schumacher.

 

Michael Schumacher sofreu um grave acidente a esquiar, em dezembro de 2013, e deste então não recuperou as funções motoras.

 

Fonte: Vidas

Rádio Jet7 Angola

Vídeos Sugeridos

Procurar Vídeo