Pai de Michael Jackson revela que morte de Jackson foi conspiração

Joe Jackson afirma que a overdose que matou o seu filho, o cantor Michael Jackson, foi uma “conspiração” de “uma série de pessoas”, como descreve no livro “O que Realmente Aconteceu a Michael Jackson”, lançado na quinta-feira, no Brasil.

 

O livro, que chega às livrarias no dia 1 de Dezembro, é o relato de Joe e do ex-produtor de Jackson Leonard Rowe sobre o que teria levado o rei da pop à morte, no ano passado. “Michael foi assassinado por uma série de pessoas. Acho que foi uma conspiração”, disse Joe a jornalistas durante o lançamento do livro, em São Paulo.

 

O produtor Rowe, que trabalhou com a família Jackson por mais de 30 anos, defende que o cantor foi supostamente morto pelo seu médico, Conrad Murray, que teria sido contratado pela promotora AEG Live para cuidar de Jackson nos meses anteriores à tournée que marcaria o seu regresso aos palcos.

 

 

“Eu sei que o que aconteceu com ele (Michael) não tinha de acontecer, Michael poderia ter sido salvo. Mas as pessoas não quiseram que ele fosse salvo. É isto que eu quero que o mundo entenda”, disse Rowe.

 

O rei da pop morreu aos 50 anos em Junho do ano passado devido a uma overdose de medicamentos que lhe foram prescritos. Murray é acusado de ter causado a morte do cantor ao administrar uma dose letal do anestésico propofol e outros medicamentos. “Murray estava a dar a Michael um remédio que não era para ser administrado em casa. Era para ser administrado num hospital e também na presença de um anestesista”, afirmou o produtor. “Não acreditamos que Murray fosse a única pessoa que sabia disso. Acreditamos que as pessoas que o contrataram e as que estavam a pagar a Murray também tinham conhecimento disso.”

 

Para o pai de Jackson, a intenção do livro é fazer “justiça” à morte do cantor. “O que eu quero ganhar com este livro é justiça para Michael”, declarou.  “Fãs em todo o mundo estão em busca de justiça, mas não estamos a tê-la. Mas teremos, porque estamos a tentar uma investigação federal”,  acrescentou.

 

Fonte: Jornal de Angola

Rádio Jet7 Angola

Vídeos Sugeridos

Procurar Vídeo