Novo filme de produção nacional estreia domingo no cine Atlântico às 19h

image"Ilumba di Angola" é o título do novo filme de produção nacional a ser apresentado em estreia, este domingo, a partir das 19h00, no Cine Atlântico.

 

Segundo o director da produtora angolana Procinea-Cinema e audiovisuais, Dorivaldo Fernandes, o filme, gravado na capital do país, tem uma hora de duração e é exibido em duas sessões, uma às 19h00 e outra às 20h30. Os bilhetes custam mil e 200 kwanzas.

 

Escrito e realizado por Dorivaldo Fernandes, o filme traz em análise um tema bastante actual na sociedade angolana, a pobreza que gera a busca pelo materialismo e, consequentemente, origina relacionamentos de interesses materiais.“Ilumba di Angola”, adianta Dorivaldo Fernandes, tem como personagens principais os actores Borges Macula, que vive o personagem Tony, um jovem “Zungueiro”, e Ceuma Pontes, na “pele” da linda e ambiciosa Melita.


O filme conta ainda no seu elenco com os actores Júlia Fernandes, Filipa António, Adilson Vunge, Pedro Fernandes, Bernardino Vicente, Maria Francisco, Maria Pedro, Adriana Ambrósio, Maria Paulo e Laureana Ferreira.


“Apesar de ser uma produção independente, o filme foi elaborado no formato digital, muito utilizado no segmento profissional, e teve um orçamento bastante económico e adequado às produções do género”, frisou.


O responsável considera uma boa oportunidade lançar o filme no mercado, por ser de qualidade e ter um elenco experimentado em ficção e uma equipa técnica composta por profissionais experientes.


Contactado pelo Jornal de Angola, o também produtor do filme Dorivaldo Fernandes disse que 80 por cento das cenas foram rodadas no município do Rangel e as restantes no Kinaxixi e Maculusso. Dorivaldo Fernandes afirmou, igualmente, que o processo de produção até à gravação ocorreu de Setembro a Novembro de 2009, altura em que a produção analisou os locais de filmagem e contratou a equipa técnica.


O produtor acrescentou que o filme foi editado em Dezembro de 2009 e finalizado no último mês de Janeiro. Realizador do programa “Stop Sida”, da Televisão Pública de Angola (TPA), Dorivaldo estreia-se como realizador depois de ter produzido os filmes “A Zungueira” e “A paixão de Bartolomeu”.


Fonte: Jornal de Angola

Rádio Jet7 Angola

Vídeos Sugeridos

Procurar Vídeo