Novo CD de Jay-Z e Kanye West aclamado após lançamento

O álbum “Watch the Throne”, lançado ontem, exclusivamente no iTunes, pelos músicos Kanye West e Jay-Z, recebeu críticas entusiasmadas na imprensa e na Internet, noticiou o site Allhiphop.com.


A página online deu ao trabalho nove estrelas, num máximo de dez, considerando “no mínimo uma vitória criativa e no máximo uma mudança de paradigma para o hip-hop”.

 

O músico e produtor Questlove disse pelo Twitter ainda durante o lançamento que estava encantado com a actuação de Jay-Z em “Who Gone Stop Me”, desde já candidato ao melhor tema do álbum.

 

Também no Twitter, o DJ e historiador de hip-hop, Davey D, disse que “Watch the Throne” é “melhor do que os álbuns ‘Illmatic’, do músico Nas, ‘36 Chambers’, do Wu-Tang Clan, ‘Aquemini’, dos Outkast, e ‘Sgt Pepper’, dos Beatles, e ‘Joshua Tree’, dos U2, juntos”.

 

Em resposta, o jornalista e escritor Toure deu um conselho a Davey D: “Não exagere”. Porém, o crítico também se mostrou impressionado com o álbum, que chama de “óptimo”, especialmente por causa das letras “substanciais” em faixas como “New Day”, na qual Kanye e Jay-Z se dirigem aos seus futuros filhos.

 

Alguns poucos comentários tenderam para o negativo. Greg Kot, do “Chicago Tribune”, disse que o álbum merecia duas estrelas (o máximo são quatro). Para ele, Jay-Z perdeu o gás e “não surpreende mais, simplesmente tem de preencher as actualizações anuais lembrando às pessoas que, afinal de contas, ele é Jay-Z”. Já Kanye West, segundo o crítico, parece no álbum “desesperado, transparente, estranho, vulnerável”.

 

Os fãs do hip-hop esperavam impacientemente por “Watch the Throne”, desde que Kanye West falou pela primeira vez a respeito do trabalho, pelo Twitter, há quase um ano. A parceria da dupla já dura há mais de uma década.


 

O álbum tem participações especiais de Frank Ocean, Beyoncé e Mr. Hudson, além de incluir vocais dos falecidos Otis Redding e Curtis Mayfield.

 

Fonte: Jornal de Angola

Rádio Jet7 Angola

Vídeos Sugeridos

Procurar Vídeo