Quarta, 22 Outubro 2014
Página inicial NOTÍCIAS Celebridades angolanas

Rádio Jet7 Angola

Saiba tudo sobre as celebridades angolanas
Novo álbum de Kristo nas bancas em Novembro
Escrito por Jet7 Angola, em 08-09-2013 22:34
Visualizações 873    

Kristo lança em Novembro o seu mais recente álbum, “ Palavras”. Kristo disse à Gente que o seu novo trabalho discográfico tem 14 temas de amor e do dia-a-dia.

 

Trata-se do segundo CD do cantor depois de cinco anos ausente do mercado discográfico. O primeiro intitula-se “Astro da Minha Vida”.

 

O músico esteve recentemente no “Cantinho de Catete” para animar os munícipes do Icolo Bengo. Do seu reportório apresentou, entre outros temas, “ Estou de Bem com a Vida”, “Está a Sair Bem”, “ “Ngaxi”, “ Lá na Minha Banda Tem” e o que deu titulo ao seu primeiro trabalho discográfico “ Astro da Minha Vida”.  Do seu novo disco, Kristo interpretou uma das canções em que homenageia as mulheres.

 

Fonte: Jornal de Angola

 

Última actualização: 08-09-2013 22:37

 
Neide Sofia e Fábio dance terão uma menina
Escrito por Jet7 Angola, em 08-09-2013 21:37
Visualizações 2237    

Neide Sofia, ex-Afrikana, e o dançarino Fábio Dance estão ansiosos pela chegado do seu primeiro rebento.

 

O SAPO soube que o primeiro filho dos dois artistas é uma menina e vai chamar-se Fabiana.

Grávida de seis meses, Neide continua em boa forma e a trabalhar. A artista acaba de assinar pela produtora BLS de C4 Pedro. Saudades, da cantora The Lee, ex-participante do concurso Angola Encanta, é o nome da primeira música gravada que conta com a participação de Neide fora do grupo Afrikanas.

 

Fonte: Sapo Mulher


Última actualização: 08-09-2013 21:58

 
Coréon Dú prepara lançamento de novo álbum
Escrito por Jet7 Angola, em 07-09-2013 20:41
Visualizações 843    

 

“Mais que um cantor e músico, Coréon Dú é um homem da Renascença em pleno século XXI”. Esta é a descrição que podemos encontrar ao procurar informação sobre o cantor. Mas mais do que um simples cantor, Coréon Dú revê-se na figura de criador.

“Faço o que me vai na alma. Tento explorar ao máximo o meu potencial criativo, ao mesmo tempo que tento motivar e apelar à imaginação do público. O papel do artista também é esse”, disse Córén Dú, em entrevista ao SAPO. O cantor prepara-se para lançar um novo álbum e promete muitas supresas.

“The We Dú Experiment” é um lançamento especial, uma continuação do seu álbum anterior, “The Coréon Dú Experiment”, que chega ao público no próximo dia 14 de Setembro.

 

Para aqueles que ouviram o “The Coréon Dú Experiment”, este trabalho é uma nova viagem sonora, onde é possível encontrar um make over musical de temas já conhecidos. Mas, entre as 12 faixas deste novo trabalho, também fazem parte temas originais.

 

"O “The We Dú Experiment” é um álbum muito à base de remisturas, com alguns temas originais, com temas remisturados por produtores angolanos e internacionais, de músicas que também entraram no "The Coréon Experiment"", explicou o artista.

 

Coréon acrescentou ainda que "a grande diferença será na abordagem sonora", uma vez que se trata de “uma revisita a alguns temas e também temas novos com um conceito que de certa forma tento avançar a nível criativo”. O artista acredita que “desafiei-me a mim mesmo e acho que também os meus colaboradores".

 

Este foi um projecto construído a várias mãos por produtores e DJ's, nacionais e internacionais. Nomes como Phil Asher, DJ Manya, DJ Satélite ou DJ Souki, Jerry Charbonnier ou Nuno Mendes são alguns dos colaboradores deste trabalho.

 

“Neste projecto desafiaram-me bastante porque há algumas coisas em que eu nunca pensei ouvir minha voz”, disse Coréon Dú em relação à sua equipa de trabalho, numa mistura de músicas eléctrónicas, dançantes, com as próprias raízes do cantor.

 

A promoção já está marcada. Entre os dias 14 e 22 de Setembro, os fãs do cantor vão poder comparecer a várias sessões de autógrafos (Ver vídeo promocional). Mas desta vez, o artista apostou numa nova fórmula, ao escolher ele próprio ir ter com o público, e não o contrário. É a cadeia de hipermecados Kero que vai receber estas sessões.

 

“Muitas vezes tiramos as pessoas da sua rotina habitual para virem ter connosco. Isso é positivo porque se cria uma situação mas ao mesmo tempo para alguns é proibitivo porque geramos uma tarefa extra para o nosso consumidor. Então desta forma a intenção foi ir a algo que as pessoas já frequentam”, explicou o cantor que espera assim criar uma nova forma de promover o seu trabalho.


 

Aproveitando o lançamento do álbum, o artista viu a oportunidade de criar a “We Dú – comunidade criativa Coréon Dú”. Esta pretende ser muito mais do que um simples clube de fãs. O objectivo é criar um local virtual de troca de partilhas e de experiências entre o cantor e todos aqueles que queiram fazer parte desta comunidade criativa.

 

“As pessoas são encorajadoras e dão-nos muito apoio” mas “o papel de muitos vai para além disso”, justificou o artista. De momento é possível aceder a esta comunidade através da página de facebook do cantor. Mas até ao fim do ano será lançado um site que terá uma parte relacionada com esta comunidade onde o cantor promete muita actividade e muitas supresas.

 

“Quero partilhar o meu ponto de vista criativo e partilhá-lo com quem de facto se revê nele. Felizmente que há público que está à procura de artistas com características e personalidade forte. É uma questão de personalidade criativa”, acrescentou Coréon Dú.

 

Mas mais surpresas acompanham este lançamento especial. Além do álbum, vai ser lançada também uma linha de pen drives, com duas músicas inéditas que não vão estar disponíveis no CD.

 

Inovar é mesmo uma palavra de ordem para o artista: “não tenho medo de arriscar e de fazer coisas que às vezes considero que são fora da minha zona de conforto, mas que eu acho que são criativamente estimulantes”, acrescentando que “às vezes, tentar estar na moda é prejudicial à criação”.

 

No entanto, Coréon Dú reconhece que a mensagem que quer passar tem de ser perceptível para o público senão a relação não irá funcionar. Quanto aos seus fãs, o cantor assumiu que “trabalho sempre para dar-lhes algo para os fazer sonhar”.

 

De Angola para o mundo

 

No princípio do ano, Coréon Dú foi convidado a participar no Festival de Jazz, em Madrid, Espanha, e desde então o artista tem sentido muitas mudanças. A imprensa internacional já está de olho no seu trabalho e o artista já foi notícia em órgãos de comunicação internacionais como a revista GQ, a Maxim e a People.

 

“É gratificante quererem saber algo sobre mim, e claro, sobre música angolana”, partilhou o cantor ressalvando, no entanto, que” como artista faço o meu trabalho para o mundo. Costumo dizer que sou angolanamente internacional”.

 

Coréon assumiu que tem uma identidade angolana muito forte. Mas graças à sua experiência de vida (viveu em países na Europa e também nos Estados Unidos) considera-se um cidadão do mundo. E espera levar a música electrónica angolana para o palco mundial.

 

Fonte: Sapo Banda

Última actualização: 07-09-2013 20:46

 
Bob da Rage Sense actua no Espaço Bahia, em Luanda
Escrito por Jet7 Angola, em 06-09-2013 17:10
Visualizações 882    

Bob da Rage Sense, rapper angolano radicado em Portugal, é a principal atracção dos concertos que a partir de hoje se realizam todas as sextas-feiras deste mês às 22h30, no Espaço Bahia, Luanda, integrados no programa “Sexta Acústica”.

 

No espectáculo de estreia, o rapper apresenta pela primeira vez em Angola os temas do seu novo disco de originais, “Ordem depois do Caos”, cujo lançamento está previsto para este ano.


Bob da Rage Sense também interpreta nesta sua passagem por Luanda outros êxitos incluídos nos discos “Underground Konsciente”, “Bobinagem” e “Diários de Marcos Robert”.


O concerto de hoje, com entradas a mil kwanzas, tem as participações de Kool Kleva, God G e do Dj Afro-Genesis.


Bob da Rage Sense, considerado dos melhores rappers lusófonos, sofreu influências de Bob Marley, Rage Against da Machine e Common Sense.


O seu disco “Bobinagem” foi considerado o melhor álbum independente do ano pela revista portuguesa “Hip Hop Nation” e o mais votado na revista “Skillz”. Trabalhou com artistas conhecidos do hip hop português, entre os quais Sam The Kid, Bomberjack, Fuse, Sir Scratch, DJ Scotch, Cacique’97 (Afro-Beat), Samuel Mira eTamin' e com o grupo sueco Looptroop.


O rapper Bob da Rage Sense a­ctuou em vários palcos e festivais, como o Super Bock Super Rock, Music Box, Casa da Música, Concerto Carhartt e Expo, em Portugal, além de espectáculos nas cidades espanholas de Galiza, Vigo, Corunha, Santiago de Compostela e Boiro.

 

Fonte: Jornal de Angola

 

Última actualização: 06-09-2013 17:17

 
Waldemar Bastos é uma das atracções do Luanda Sound Fest
Escrito por Jet7 Angola, em 06-09-2013 04:51
Visualizações 671    

Cinco países vão estar representados, a partir de amanhã, às 19h00, na primeira edição do “Luanda Sound Fest”, espectáculo que decorre durante três dias na Baía de Luanda, na Avenida Marginal.

 

Artistas de Angola, Cabo Verde, Nigéria, Brasil e Inglaterra são os destaques no arranque do projecto que prevê unir músicas de diferentes culturas, desde o jazz ao soul, pop, r&b, samba, semba, tarraxinha e kuduro, num único palco.


No primeiro dia, informou Pedro Serra, director de marketing da empresa Joak, organizadora do festival, sobem ao palco os músicos Taio Cruz, Yola Semedo, Puto Português, Kueno Aionda, Maya Zuda, Eddy Tussa e o grupo Kilandukilo.


No segundo dia, sábado, actuam os artistas Arlindo Cruz, Nelson Freitas, C4 Pedro, Bruno M, African Root e Yuri da Cunha. Domingo, último dia, as atracções principais são Djavan, Joss Stone, N’Neka, Waldemar Bastos e Grace Évora.


Os concertos vão ser totalmente acústicos, com 30 megawatts de som. Cada artista é acompanhado pela sua banda, “pelo que não há qualquer actuação em playback.


Pedro Serra disse ainda que o espaço, criado numa área de 30 mil metros quadrados, tem a capacidade para 20 mil pessoas.

 

Vai ser dividido por áreas, como o palco Endiama, para o público, uma tenda VIP e outra electrónica, onde vão actuar os Dj Djeff, Paulo Alves e Dj Lacrosse. Um posto médico está a ser montado. Amanhã, sexta-feira, as portas são abertas às 17h00 e no final-de-semana às 16 horas, duas horas antes dos espectáculos.


A ordem e tranquilidade no local são garantidas por uma equipa de mais de 800 efectivos de diversas empresas de segurança. “A ideia é ter um projecto com uma periodicidade anual”, destacou Pedro Serra.


Os preços dos bilhetes para os espectáculos variam entre os seis e os 75 mil kwanzas por dia.

 

Fonte: Jornal de Angola

 

Última actualização: 06-09-2013 04:56

 
Cantor «Lulas da Paixão» recebe homenagem
Escrito por Jet7 Angola, em 04-09-2013 05:04
Visualizações 785    

 

De acordo com o responsável da casa, Estêvão Costa, que avançou a informação à Angop, a homenagem a Lulas da Paixão deve-se ao facto de ser um dos intérpretes angolanos com uma longa “caminhada” pelo semba, estilo de música angolano e pelo seu contributo pela valorização e divulgação das raízes culturais do país.

Estêvão Costa afirmou que a homenagem a Lulas da Paixão servirá, não só para o Kilamba  distinguir o artista, mas também para os seus fãs possam ve-lo e ouvi-lo ao vivo mais uma vez.

 

“É um interprete e compositor de mãos cheias. Um artista que está disposto a ajudar quem procura os seus préstimos. Se olharmos para o mercado angolano vamos encontrar muitas músicas interpretadas por outros artistas, da velha e nova geração, de autoria de Lulas da Paixão, por isto acho mais do que justa a homenagem”, reforçou.

 

Compositor e artista angolano, Lulas da Paixão, nome artístico de Sebastião Paulo, nasceu a 11 de Novembro de 1946, na Ilha do Cabo, em Luanda, Angola.

 

Em 1957, começou a sua carreira artística como vocalista do grupo A Caravana.

 

Enquanto compositor produziu várias músicas das quais se destacam "Mukagiami", "Lolito", para Carlos Burity, "N'ga Kinga", para Pedrito, "Ti Chico", para António Paulino, "Zinha", para Dina Santos e muitos outros temas para músicos africanos.

 

No seu repertório constam, entre outras, as músicas “Kamaca”, “Menina Wemita”, “Madia”,  “Nguami Maka” e “Ixi ya Muangana”.

 

Fonte: Angop

Última actualização: 04-09-2013 05:11

 
«InícioAnterior919293949596979899100SeguinteFinal»

Página 92 de 204