Sexta, 25 Abril 2014
Página inicial NOTÍCIAS Celebridades angolanas

Rádio Jet7 Angola

Get the Flash Player to see this player. 
Saiba tudo sobre as celebridades angolanas
Tenores angolanos brilham em Havana
Escrito por Jet7 Angola, em 19-02-2013 11:19
Avaliação média de utilizadores   (0 voto)
Visualizações1255    

Os cantores líricos angolanos Armando Zibungana e Bruno Neto (barítonos) e Gomes Domingos e Emanuel Mendes (tenores) mostraram no domingo, no Teatro Nacional de Cuba, o resultado do talento, esforço e dedicação dos jovens apaixonados pela música, durante um concerto que teve uma recepção muito calorosa por parte do público.
 

O espectáculo, que contou com a participação especial da pianista Vilma Garrido, permitiu à assistência apreciar os quatro talentos da música lírica angolana, que souberam justificar o incentivo do Ministério da Cultura de Angola, que lhes atribuiu, em 2007, uma bolsa de estudo para Cuba.
 

Os músicos apresentaram um espectáculo especial, muito aplaudido pela plateia e assente nas obras de vários compositores e num arranjo de músicas angolanas e cubanas. Armando Zibungana interpretou “Some enchanted evening”, baseado no musical de Richard Rodgers, Gomes Domingos cantou “Rondine al nido”, de Crescenzo, Bruno Neto entoou “Yambambó”, música cubana de Jorge Anckerman, e Emanuel Mendes finalizou com “Questa o quella”, de Rigoletto.
 

Para encerrarem em apoteose, os jovens músicos interpretaram duas canções para unir os laços de solidariedade entre os dois povos: o tema cubano “Guarina”, de Sindo Garay, e a música angolana “Nguxi”, da autoria dos Irmãos Kafala.
 

No final do espectáculo, Armando Zibungana explicou que quiseram apresentar um concerto clássico, para mostrar que a sua formação teve bons resultados. “Este é o segundo convite oficial de Angola, para representarmos o país além-fronteiras. Por isso, fizemos tudo para valorizar o nome de Angola”, realçou.
 

O barítono acrescentou ainda que a maioria das pessoas tem uma visão errada sobre a música lírica, algo que tem de ser mudado imediatamente. “As pessoas acham que por cantarem com uma voz aguda estão a fazer música lírica. É errado. Por isso a sociedade ainda não tem sensibilidade para o canto lírico. O conhecimento sobre a arte deve partir de um ponto e existe um repertório a ser vencido, assim como técnicas para serem seguidas”, frisou.
 

Formado pelo Instituto Superior de Arte de Cuba, durante cinco anos, o músico defendeu que procuraram também fazer jus às boas referências que tiveram ao longo da sua formação, tempo durante o qual conseguiram conquistar vários prémios internacionais.
 

“Neste espectáculo fomos acompanhados pela maestrina e pianista Vilma Garrido, com quem trabalhámos durante a formação. Tivemos também o privilégio de ser formados pelos melhores professores cubanos: Manuel Pena, Waldo Díaz e María Eugenia Barrios, que são senhores da música lírica em Cuba”, explicou.

 

Depois dos anos de formação e de estarem a participar nos primeiros espectáculos, querem agora passar o seu saber aos novos talentos de canto lírico que venham a surgir no país, e criar o Instituto Médio de Arte.

 

Fonte: Jornal de Angola

Última actualização: 19-02-2013 11:30

 
Heavy C desmente notícia sobre a sua morte
Escrito por Jet7 Angola, em 18-02-2013 17:06
Avaliação média de utilizadores   (0 voto)
Visualizações4474    

Heavy C desmentiu a notícia avançada no Domingo (17 de Fevereiro), através das redes sociais, dando conta do seu falecimento.

Dada a velocidade com que a notícia se espalhou pela internet, e a sua gravidade, Almir Agria decidiu confirmar a notícia durante o programa "Kiandando" da Rádio Luanda, onde ficou a saber pelo próprio Heavy C, que a notícia era falsa.

O músico afirmou estar bem de saúde e que não consegue entender as reais motivações para alguém criar um boato desta natureza.

Lembramos que este tipo de notícias, por sinal, falsas, de criar mortes e acidentes parece ter virado moda no seio dos artistas angolanos, pois, outros artistas da nossa praça passaram pela mesma situação.

Última actualização: 18-02-2013 17:15

 
Sharam Diniz: “Estou muito contente”
Escrito por Jet7 Angola, em 14-02-2013 15:56
Avaliação média de utilizadores   (0 voto)
Visualizações1812    

Sharam Diniz foi a primeira manequim angolana a desfilar para a marca Victoria's Secret, num dos eventos mais vistos em todo o Mundo, e não pára de somar sucessos. A jovem, de 21 anos, conquistou mais uma marca e tornou-se agora a musa da 7 For All Mankind.

 

Sharam, que está a trabalhar a nível internacional há apenas um ano, mostrou toda a sua sensualidade perante a máquina fotográfica, e o resultado tem feito sucesso. O fotógrafo foi o conceituado ator James Franco.

 

"Estou muito contente com esta fase profissional que estou a atravessar. Sinto que os esforços que fiz no passado estão a trazer frutos neste momento", confidencia, orgulhosa, ao Correio da Manhã

 

MODELO BRILHA EM NOVA IORQUE

 

Sharam Diniz marcou presença em 11 desfiles na Semana da Moda de Nova Iorque, EUA, que começou no passado dia 7 e termina hoje. "Ter tantos desfiles marcados é, sem dúvida, um reflexo de todo o trabalho que tenho vindo a fazer, é bom quando vemos o nosso esforço pessoal recompensado com trabalho", afirma a modelo.

 

Fonte: Vidas

Última actualização: 14-02-2013 15:59

 
Show dos Tunezas para dia dos namorados
Escrito por Jet7 Angola, em 14-02-2013 15:46
Avaliação média de utilizadores   (0 voto)
Visualizações2063    

 

Um espectáculo de humor dedicado aos dias dos namorados realiza-se hoje, às 21h00, na sala número um do Belas Shopping, em Luanda, enquadrado na terceira temporada do projecto humorístico “Bla, bla,bla com os Tunezas”, que se realiza quinzenalmente naquele centro comercial.

 
Daniel Vilola, actor e porta-voz do grupo, disse que o espectáculo vai apresentar inovações no conteúdo das anedotas e na forma de actuar, por se tratar de uma data especial para os namorados.


Em palco, o grupo vai caricaturar várias situações caricatas que acontecem nesta data. “Vamos aproveitar o momento para satirizar todos os aspectos envolventes nas questões dos relacionamentos”, explicou.


Um dos objectivos é chamar também a atenção da sociedade para a importância de se valorizar mais o convívio, o diálogo e espírito de partilha nos relacionamentos. “Vivemos numa sociedade materialista, que não nos permite conhecer as qualidades dos nossos companheiros. Oferecer um livro ou um ramo de flores, para muitos, já não tem o mesmo significado que no passado”.


Durante o espectáculo, com a duração de hora e meia, vão ser abordados assuntos diversos, como o dos homens que têm dois relacionamentos, das mulheres que desligam os telemóveis, do marido que viaja em trabalho, das mensagens telefónicas.

 
Os Tuneza realizam anualmente, há cinco anos, no Cine Império, no Lobito, e no Cine Calunga, em Benguela, espectáculos de humor, enquadrados no projecto “Natal em família com os Tuneza”.


O grupo existe desde Março de 2003 e é formado por elementos que faziam parte do Colectivo de Artes Tuneza, já extinto. O quinteto de humoristas é hoje constituído pelos actores Daniel Vilola, Orlando Rodrigues, Gilmário Vemba, Cesalty Paulo e José Chieta.

 

Fonte: Jornal de Angola

 

Última actualização: 14-02-2013 15:52

 
Lawilca lança novo disco 'Não sou o mesmo Homem'
Escrito por Jet7 Angola, em 11-02-2013 15:18
Avaliação média de utilizadores   (0 voto)
Visualizações1663    

 

Lawilka lançou no dia 9 na Praça da Independência e dia 10 o Bellas Shopping, o seu mais recente disco repleto de romantismo. O músico já é um dos nomes mais sonantes do R&B a nível nacional, escolheu Fevereiro para lançar a sua obra discográfica intitulada 'Não sou o mesmo Homem', um Cd que promete trazer muito boa música de um artista ausente do mercado há sete anos.

 

Em entrevista ao programa BeatBox, o músico explicou porque motivos se separou das suas anteriores editoras que foram a Mille Mambos, por onde lançou o ultimo Cd, e a Piriline formando assim a sua própria editora.

 

Segundo o cantor, 'é uma tarefa muito difícil para uma editora suportar um artista se R&B, principalmente um artista bastante exigente. 'Eu sou bastante exigente. As outras duas editoras deram-me experiência. Foi uma experiência muito boa estar na Mille Mambos e também com a Piriline, mas essas experiências serviram para eu abrir a Se Diame Entretenimento.'

 

Esteve parado dentro do mundo musical durante sete anos. Contudo Lawilca pretende reconquistar os fãs e ganhar novos nesta nova trilha. Afirma trazer algo bonito ao publico e vai ter à disposição dez mil cópias.  'Sete anos ausentes não é fácil. Vou reconquistar o meu público.'

 

Depois da venda irá fará a apresentação oficial do álbum, contudo, ontem no Silky Bar o artista brindou os seus convidados com uma pré apresentação do álbum.

 

Só daqui a 3 ou 4 meses prevê fazer um grande show de Lawilca dependendo da ceitação dos fãs.

 

Os seus maiores hits que passam frequentemente na rádio é a musica 'Sediami'  'e a 'Dois num só', música com a qual poderia fechar um espectáculo, mas, a musica promocional lançada recentemente intitula-se 'Perdão pelos teus erros'.

 

Actualmente tem a produção de videoclipes na agenda, e já sabe que vai gravar alguns com a 'Quatro Entretenimento' e outros irão ser produzidos em Londres. O artista garantiu que quase todas as musicas do álbum que conta com 11 faixas e um bónus track, terão video.

 

Estarão à disposição 10 mil exemplares da obra e também várias t-shirts.

 

As palavras que deixa aos seus fãs é que 'não passem esta oportunidade porque para além de ser um cd muito bonito, vai também ser um presente para o mês de S. Valentim.'

 

Fonte: Sapo Banda

Última actualização: 11-02-2013 15:28

 
Caló Pascoal convidado para ser activista do INAC
Escrito por Jet7 Angola, em 11-02-2013 15:03
Avaliação média de utilizadores   (0 voto)
Visualizações1241    

 

 
 

 O músico Caló Pascoal foi designado para desempenhar as funções de activista dos Direitos da Criança, pelo Instituto Nacional da Criança (INAC), através de um convite formal que lhe foi dirigido por aquela instituição.

 

Caló Pascoal confessou à Angop o seu regozijo pela escolha e prometeu ajudar a sensibilizar as famílias no sentido de protegerem os pequenos e fazerem cumprir cabalmente os seus direitos.

 

O músico explicou que já estava a colaborar com a instituição há algum tempo, tendo participado nalgumas iniciativas de carácter recreativo, mas agora tem a missão de servir de elo entre as famílias e o INAC.

 

“Já participei nalguns eventos do INAC, como concursos. Agora convidaram-me para trabalhar na sensibilização das famílias que não podem chegar directamente à instituição e podem encaminhar-me as suas preocupações, para eu as levar às autoridades competentes”, referiu.

 

O autor de “Fim de Mundo” disse acreditar que a sua escolha se deve também ao facto de estar a concluir o curso superior de Direito, razão por que se mostra inteiramente ao dispor do INAC.

 

“O nosso acordo é por tempo indeterminado. Mas ainda que me desvincule deles, vou continuar a prestar a minha colaboração na defesa dos direitos da criança”, prometeu.

 

Produtor, compositor e intérprete, Caló Pascoal iniciou a carreira nos anos 90, como bailarino, mas pouco depois tornou-se DJ. O seu trajecto começou com o grupo Necaf Brothers, um dos primeiros a surgir na senda da “febre” do kuduro.  Lançou o seu primeiro disco a solo em 2002, com o título “Fé”, que teve como destaque os temas “Está Amarrado” e “Onde Estás Rosita”.

 

Em 2005 editou o segundo disco intitulado “Santa Mariazinha”. Participou nos projectos “Eu e Elas” e “Caló Pascoal e Amigos”, assim como “O Santo Desconfia”.

 

Fonte: Jornal de Angola

Última actualização: 11-02-2013 15:11

 
«InícioAnterior919293949596979899100SeguinteFinal»

Página 92 de 169