Instabilidade económica em Angola impede parceria entre Heavy C, Timbaland e Dr. Dre

Instabilidade económica em Angola impede parceria entre Heavy C, Timbaland e Dr. Dre

Em Janeiro deste ano, o músico angolano Heavy C (Dono da produtora Buedbeats), revelou ao Jet7 Angola, que estava a criar um mega projecto musical “Patriotartes”, em parceria com os rappers e produtores musicais norte-americanos Dr. Dre, Timbaland, Tank e Darkchild, avaliado em mais de 16 milhões de dólares. Leia a notícia publicada em Janeiro.

Os músicos tinham duas reuniões agendadas para Fevereiro e Abril deste ano, com o objectivo de concluírem a parceria, mas, segundo Heavy C, a parceria acabou por não se concretizar, apesar de já terem investido algum capital na construção de edifícios e na compra de contentores com equipamentos diversos.

A decisão foi comunicada ontem, 5 de Março, pelos advogados das partes envolvidas, e as razões têm a ver com a instabilidade económica que se faz sentir actualmente em Angola.

Esta parceria com Angola, através de Heavy C, estava enquadrada no projecto “Handsdown” de Romelle Andre Young “Dr. Dre” de 50 anos e Timothy Zachery Mosley “Timbaland” de 42 anos e abrange outros países como a Nigéria, África do Sul e Egipto.

Segundo Heavy C, apesar de terem efectuado vários estudos de mercado em Angola, para evitarem riscos que pudessem por em causa o progresso da parceria, a verdade é que a economia angolana mudou repentinamente ao ponto de inviabilizar a parceria.

Dr. Dré afirmou que a instabilidade económica e financeira em Angola e as dificuldades de importação dos produtos que pretendem “BeatsbyDre”, “Neave” e “SSL”, que seriam posteriormente comercializados nas instalações da “Patriotartes”, eram o seu grande interesse e de Timbaland nesta parceria.

Heavy C frisou que apesar de ter boas intenções e acreditar que não tinha como a parceria não dar certo, só um acordo entre Angola e Estados Unidos poderia resolver o problema da circulação de produtos e alfândega, mas diz que ainda assim não seria suficiente, porque existem muitas alterações de câmbio, insuficiência de moeda americana em Angola e dificuldades no envio de finanças de Angola para o exterior.

Só com um sistema económico mais rápido e eficiente seria possível “criar uma parceria com esses dois monstros da música” norte-americana em Angola, afirma Heavy C.

Para Heavy C, o que realmente lhe interessava nesta parceria eram as aulas de produção musical, produção artística, academia de música, workshops e venda de instrumentos musicais.

O músico angolano e a sua equipa lamentam o facto de não conseguirem trazer este projecto para Angola e terem gasto somas avultadas no projecto.

O projecto “Handsdown” segue assim para a Nigéria (Lagos) onde a primeira apresentação terá lugar na próxima semana.

Fonte: Jet7 Angola

Vídeos Sugeridos

Visitantes Online

Temos 1177 visitantes e nenhum membro em linha

Tratamentos naturais e caseiros para acne - Tratamentos peeling e laser - Produtos para acne - Dicas sobre acne - Tratamento caseiro para acne com agua de arroz - Tratamento natural e caseiro para acne com Vitamina C - Peeling quimico para remover cicatrizes e manchas de acne - Tratamento laser CO2 fracionado manchas de acne - Microdermoabrasao, Peeling de Cristal - Limpeza de pele - Tratamento Roacutan (Isotretinoina)- antes e depois, efeitos colaterais - Tipos de Acne - diferentes graus da acne - dicas para cuidar da pele com acne