Nelo de Carvalho prepara lançamento de novo disco

Nelo Carvalho lança no próximo sábado, a partir das 8h00, na Praça da Independência, em Luanda, o seu primeiro trabalho de originais, “Encontros”, uma viagem entre géneros musicais e onde se misturam sonoridades e a sua versatilidade nos diversos estilos da música nacional e internacional.


O músico adiantou que vai apresentar depois de amanhã, às 18h00, no restaurante Chimarrão, na Ilha do Cabo, o disco à imprensa e convidados especiais. Dia seguinte, sexta-feira, realiza, às 21h00, no Miami Beach, o pré-lançamento do álbum.  
 

Neste CD, que chega ao mercado discográfico ao fim de 35 anos de carreira, Nelo Carvalho privilegiou o semba, kilapanga e rebita, que se juntam ao zouk, jazz, merengue, bolero cubano, e funk, provando que toda a experiência adquirida (com o Duo Ouro Negro, África Tentação, Raízes, Son Latino e a solo), serviu para criar pontes entre os géneros e abrir o seu caminho para uma nova abordagem da música angolana.
 

Com 15 temas, o trabalho discográfico tem como destaque o tema “Mamã Falou”, dueto com Jacob Desvarieux, que, segundo o autor, “está muito focado na temática angolana”. O disco é apresentado no dia do seu aniversário.
 

Nelo de Carvalho contou que no novo disco procura levar vozes conhecidas ao encontro do público, como Rui Mingas, Waldemar Bastos, Big Nelo e Ary (Angola), Tito Paris (Cabo Verde), Jacob Desvaireux (Antilhas), Manecas Costa (Guiné Bissau), Fábia Rebordão (Portugal) e José Debray (Cuba).
 

A estes nomes, juntaram-se ainda solistas e  arranjadores de vários quadrantes do espaço lusófono e hispânico,  com destaque para  Rão Kiao, Pedro Joia, Kim Alves, Luíz Avellar, Paulo Borges, Olivio Pino, Franco Scheriff e “um conjunto de músicos que emprestaram um pouco de si a este trabalho elaborado e exigente”.
 

O músico disse ainda que procurou neste novo álbum, dividido em “Encontros”, “Reencontros” e “Las Voces y Los Cantos”, levar o público ao encontro de um trabalho único, em que cada passo é uma viagem musical.
 

Autor dos discos “Interpreta temas da sua vida” (1999) e “Memória” (2003), além de alguns clássicos nacionais e internacionais, Manuel Pires Pinto de Carvalho - “Nelo Carvalho” -, nasceu em Luanda a 9 de Março de 1959. Começou a cantar aos 15 anos nos Mini-Jovens, um grupo do Tômbua, Namibe.

 

 

 

Em 1975, parte para Portimão, Portugal, onde Chico Leite o encontra e com quem fez uma parceria um pouco à semelhança do Duo Ouro Negro. Três anos depois, é convidado para integrar o conjunto África Tentação, com o qual gravou os LP: “Angola 79” (1979) e “Mulher de Angola” (1980). O ano seguinte foi o das grandes mudanças. Integrou o espectáculo do Duo Ouro Negro, uma trajectória musical entre África, Europa e as Américas e o retorno que esta viagem teve nas músicas africanas enriquecendo-as naturalmente.
 

Depois de gravar dois discos, “Interpreta Temas da Sua Vida” (1999) e “Memórias” (2003), (com versões feitas com base em elementos electrónicos), Nelo Carvalho resolve fazer uma abordagem diferente, um disco cujo elemento acústico é referência, no qual decide fazer uma paragem na “linguagem” electrónica e usar os sons  dos instrumentos.

 

Fonte: Jornal de Angola

Rádio Jet7 Angola

Vídeos Sugeridos

Procurar Vídeo