Músico Dionísio Rocha lança novo disco em Luanda

Treze anos depois do lançamento do CD “Luandos ao Luar” (2000), acompanhado pela extinta Banda Xangola do carismático guitarrista Carlitos Vieira Dias, Dionísio Rocha surge com o disco “Mulher Angolana”, lançado ontem, na Praça da Independência, em Luanda.

 

“Mulher Angolana” retoma as canções “Eu quero o mar”, cuja gravação original tem solo de Betinho Feijó,  “Eye Ne” e “Lamento em 1970”, gravadas por Dionísio Rocha em outras ocasiões, incluindo nove temas inéditos (“Na minha Luanda”, “Aprukutu”, “Mulher angolana”, “Madi Madi”, “Cama vazia”, “Kiama” e “Rumba negra”, com partipação especial de Sabú Guimarães, “Tio Liceu” e “Puxa comigo”. Sobre o seu segundo disco a solo, Dionísio Rocha fez a seguinte avaliação:  “Foi um trabalho em que tentámos imprimir mais qualidade, a nível dos arranjos e da actualização instrumental. Hoje, a juventude quer um semba com vida e, neste sentido, a opção pela produção do Eduardo Paim, julgo ter sido a melhor. Ele representa, com a sua larga experiência, a modernidade estética, e eu a interpretação da tradição do semba. O resto será a nobre recepção do público.”

 

Fonte: Jornal de Angola

 

Rádio Jet7 Angola

Vídeos Sugeridos

Procurar Vídeo