Músico angolano «Yami» marcou presença no mítico Miami Beach em Luanda

Já foram muitos os músicos que pisaram o palco "mítico" do Miami Beach todos eles deixam no ar a vontade de voltar. Yami, na quinta-feira, 30, não foi excepção, trouxe ritmo, arrepiou e ficou arrepiado.

 

O angolano radicado em Portugal falhou o Festival Internacional de Jazz de Luanda mas deu ao público do Miami o prazer de reviver o espírito do jazz dando as boas-vindas ao verão que vai chegando, tímido, às noites de Luanda.

 

Com um público que claramente estava em casa, Yami pôde manter uma conversa entre amigos e oferecer surpresas que foram da sua performance e composições às participações especiais.

 

Divindido o palco com os respeitados Simons Massini e Hélio Cruz, o autor de "Música ao longe" e de "Aloelela" foi brindando a sua actuação com novos temas e com outros colegas. Chamou ao palco o jovem Kanda, proporcionando mais do que já esperava do concerto.

 

Em 2011 Yami marcou presença no palco do Cine Atlântico, mas este ano não conseguiu chegar a tempo de tocar no Festival de Jazz, ao lado de Cassandra Wilson. "A responsabilidade ficou com o Simons", explica, com ânimo na voz, só por ter conseguido estar agora na terra da areia vermelha.

 

Do fundo da muxima parece ter ficado o desejo de não largar um palco que tem trazido as melhores vozes e de todos os cantos do mundo.

 

Fonte: Sapo Banda

platina line, platina line angola, portal platina line, portal platina line angola, platina line facebook, site platina line, site platina line angola

Vídeos Sugeridos

Procurar Vídeo