Música angolana: Proletário lança CD intitulado "Caminhada"

imageO músico Proletário estreou-se no mercado discográfico ao lançar, ontem, o CD “Caminhada”, no Parque da Independência, em Luanda. O álbum, que contém 13 faixas interpretadas em português, kimbundo e umbundo, é apresentado nos estilos semba, kizomba, slow e sungura.


“Caminhada” narra acontecimentos do quotidiano,

segundo o autor. Com uma tiragem de cinco mil cópias, o disco foi produzido no país e em Portugal, com as participações de Caló Pascoal, Quintino, Marito Furtado, Xico Santos, Joãozinho Morgado, Carlitos Tchiemba e Paulo Mancini.O disco vai ser igualmente vendido nas províncias de Benguela, Huíla, Kuanza-Sul e Bié.


O CD tem como base melódica o semba, um dos estilos musicais de maior referência no país, e que Proletário tem elegido nas suas composições, actualizando as novas rítmicas deste género da Música Popular Angolana.

 

A inclusão de músicas antigas com nova roupagem, em “Caminhada”, segundo o autor, tem como objectivo oferecer aos amantes da sua música um disco com as melhores produções publicadas ao longo da sua carreira.Natural do Kuanza-Sul, Jaime Palana Kingungo “Proletário” começou a sua carreira em 1970, na sua terra natal e tornou-se conhecido nos anos 1972 no bairro Kaputo, município do Rangel, em Luanda, onde fazia actuações no Centro Recreativo Maria das Crequenhas, actual Centro Cultural e Recreativo Kilamba. Proletário é autor de sucessos “Sanguinguenda”, “Scânia 111”, “Kizombas” e “Kimbombeia”, e integrou o agrupamento FAPLA-Povo e a banda Semba Tropical.

 

Fonte: RV Platina

Rádio Jet7 Angola

Vídeos Sugeridos

Procurar Vídeo