Moda angolana carece de indústria para desenvolver-se

 Luanda - O promotor da Agência Step Model, Kayaya Júnior, realçou hoje, em Luanda, que a internacionalização da moda angolana passa pela criação de pressupostos de desenvolvimento e de industrialização do sector.
   

Em declarações à Angop, a propósito da internacionalização da moda nacional, disse ser necessário reactivar a indústria de confecções do país e formar um conjunto de profissionais ligados à moda por forma a fomentar, sobremaneira a área.

 

Segundo o responsável, apesar de se realizarem vários eventos sobre a moda, tais como exposições de roupas a nível internacional, ainda não se atingiu os moldes ambicionados.

 

"O trabalho feito por alguns modelos e as apresentações de colecções nacionais além fronteira, não quer dizer que já internacionalizamos, pelo que falta a componente industrial", frisou.

 

Argumentou que o Ministério da Indústria, como um dos principais actores neste processo, deve "analisar o trabalho feito pelos agentes individuais", visando uma resposta positiva aos feitos até hoje alcançados.

 

Fonte: Angop

Rádio Jet7 Angola

Vídeos Sugeridos

Procurar Vídeo