Lukénya Gomes diz que não teve um AVC, como afirmou médico em Luanda

Lukénya Gomes diz que não teve um AVC, como afirmou médico em Luanda

 

Em entrevista à Lux, a apresentadora de televisão e repórter Lukénya Gomes fala do falso diagnóstico lhe foi dado, explica como encarou a doença e afirma que sempre acreditou na sua recuperação.

 

A notícia correu o país inteiro e deixou todos surpreendidos. Há dois meses, lukénya Gomes não quis acreditar quando o médico, de uma clínica em Luanda, lhe disse que tinha tido um AVC. Depois de realizar exames mais detalhados, a apresentadora do programa “Levanta o Som” do canal 2 da TPA, recebeu um diagnóstico mais animador: A apresentadora descobriu que sofre de epilepsia, uma doença neurológica.

 

A apresentadora conta que sentiu uma forte dor de cabeça acompanhada de uma paralisia lateral direita, com arrastamento da fala por alguns dias. Lukénya diz que em momento algum pensou que fosse um AVC. "Viajei para fazer exames necessários, mais rigorosos e específicos e os médicos acabaram por confirmar que afinal não tinha sido AVC. Já sabia que não era um AVC. Todos os dias nas minhas orações, sabia que não tinha sido. Não criei muitas expectativas, mas a única certeza  que eu tinha é que podia ultrapassar a situação e foi isso que aconteceu”, contou. 

 

A apresentadora diz que contou com o apoio incondicional da família Cortez, da Castro, da Pontes, da Sério e da Coimbra. “Contei também com o apoio incondicional da minha empresa, a Semba Comunicação, a que estou ligada há 7 anos . A única coisa que tenho a dizer é obrigada”, disse.

 

Depois de dois meses de tratamento, a apresentadora regressa a Angola recuperada e determinada a seguir a sua vida e carreira “ Ainda não fiz a metade do que tenho pra fazer”, declarou.

 

Fonte: Sapo Angola

Rádio Jet7 Angola

Vídeos Sugeridos

Procurar Vídeo