Laton: «Tenho acima de trinta tatuagens e ainda pretendo aumentar»

Laton: «Tenho acima de trinta tatuagens e ainda pretendo aumentar»

 

O rapper e produtor, integrante do grupo Kalibrados, Laton, esteve recentemente no programa "Jovial Cidade" onde falou sobre os últimos acontecimentos da sua carreira e sobre a nova fase da sua vida a nível pessoal e profissional.
 

Laton começou por falar da imagem irreverente que apresenta, muitas vezes descriminada e conotada como má influência. Algumas pessoas chegam-no a associar ao consumo de drogas.
 

"A aparência faz com que as pessoas façam um julgamento pela capa do livro. Eu realmente fumo tabaco mas não faço uso de outras substâncias até porque drogas e desportos não combinam. Eu sou contra as drogas. Só de tatuagens no corpo tenho acima de trinta. Gosto de ser assim e ainda pretendo aumentar o número de tatuagens no meu corpo", disse o MC.
 

No que diz respeito à vida pessoal o artista tem sido uma das celebridades que mais exibe a sua rotina diária nas redes sociais, inclusive já foi criticado por publicar momentos íntimos com a sua filha no instagram. Quanto a esse ponto, o rapper justificou da seguinte forma: "Eu posto por mês mais de quinze vídeos onde aparece a minha filha e outras pessoas. Os meus familiares pedem-me sempre para não expor a minha filha ao público, mas eu faço porque gosto, é um hábito meu. Não tenho receio das bocas que dizem que isso atrai maus olhares ou que ela pode ser enfeitiçada", afirmou sorrindo.
 

Adiantou ainda: "Essa é uma opção minha, eu sou pai e encarregado de educação e estou consciente das minhas atitudes. A nível mundial as figuras públicas tentam sempre passar o melhor de si, as nossas qualidades e coisas positivas e resguardamos algumas coisas que nos comprometem. Eu não, não tenho preconceito com isso e acredito que os meus objectivos me tornam superior a uma 'estiga'. Acho que quanto mais sinceros formos, mais as pessoas acabam por ter menos oportunidades de nos pegar e dizer  'eu sei um segredo teu'".
 

O artista foi questionado também sobre os problemas que teve dentro da música com o rapper Reptile, mas ao que parece já são 'águas passadas'. "Houve sim um conflito  com o Reptile no passado. Ele já foi um grande amigo meu, mas aquelas coisinhas do rap do disse que não disse criaram climas de tensão entre nós. Houve algumas rimas dentro de músicas que eram para ele, e ele respondia, mas aquilo foi num período de transição de maturidade e por ironia do destino nunca mais me cruzei com ele. Hoje as coisas estão normais, ele está na vida dele e eu continuo o Laton dos Kalibrados com o meu swagg a bater bwe na cidade."
 

Em relação ao amor, o músico mostrou estar muito feliz com a sua nova companheira e confessou ser um homem super apaixonado neste momento.  "Separei-me da mãe da minha filha e agora estou num relacionamento super sólido, onde estou muito feliz e muito apaixonado."
 

Por outro lado, o rapper revelou o que o levou a ser apresentador de televisão na Zap Viva com o programa "Tenho um sonho". "Relativamente à televisão, fui convidado para trabalhar na Zap, aceitei e tenho um programa onde eu sou o pivôt. Neste momento faço parte desta grande família e tenho uma adenda contratual com eles."
 

Para terminar Laton falou do estado actual do seu grupo adiantando que o terceiro álbum de originais dos Kalibrados está para ser lançado este ano. "Estamos na fase final do novo álbum de originais intitulado "Diários da república". Fizemos a promessa aos fãs e queremos que o disco saia este ano. Temos uma música que está a fazer muito sucesso, a  "Drena", que graças a Deus pegou. Hoje estamos mais maduros, chefes de família e já não batemos a cabeça uns com os outros por assuntos pequenos".

 

Fonte: Sapo Banda

Rádio Jet7 Angola

Vídeos Sugeridos

Procurar Vídeo