Larry King paga traição com três casas

Afinal, a cantora e actriz Shawn Southwick, de 50 anos, que avançou esta semana com o pedido de divórcio de Larry King, terá decidido pôr fim ao casamento de 13 anos por supostas traições do marido de que, aliás, sabia há muito tempo.

 

Mas a mulher do jornalista americano de 76 anos, com o qual tem dois filhos, optou pelo silêncio em troca de três propriedades. A informação está a ser avançada pela Imprensa norte-americana que dá conta de um caso extraconjugal de Larry King com a cunhada, Shannon Engemann.

 

O caso terá começado há cinco anos e pôs a mulher em estado de alerta quando descobriu que o marido andava a oferecer à sua irmã presentes luxuosos e invulgarmente caros, como um carro avaliado em 160 mil dólares (quase 119 mil euros) e várias jóias Cartier.

 

De acordo com relatos da Imprensa, Shawn Southwick ameaçou acabar com o matrimónio, mas o apresentador do popular talk-show ‘Larry King Live’, que comanda desde 1989, terá chegado a um acordo com a mulher para evitar o escândalo. Em troca do seu silêncio, transferiu para a sua posse uma casa em Beverly Hills e duas outras propriedades no Estado do Utah. O problema é que o pedido de divórcio acabou mesmo por se concretizar e Larry King quer agora os imóveis de volta.

 

Uma história que faz adivinhar uma prolongada batalha judicial, uma vez que o casal também não se entende quanto à guarda dos filhos, Chance Armstrong King, de 11 anos, e Cannon Edward King, de 10. Enquanto Shawn Southwick quer a guarda principal, Larry King está a pedir a guarda conjunta.

 

Fonte: Revista Vidas

Rádio Jet7 Angola

Vídeos Sugeridos

Procurar Vídeo