Kudurista Sebém condenado a 10 meses de prisão com pena suspensa

O músico Sebém foi condenado pelo Tribunal Provincial de Luanda a uma pena suspensa de 10 meses de prisão por crime de desobediência às autoridades.

 

O músico é ainda acusado de injúria, condução perigosa e de dificultar o trabalho do agente em serviço.

 

De acordo com o acórdão lido pelo juiz de causa Januário José, o réu fica impedido de conduzir e cometer qualquer crime.

 

O réu deverá pagar 45 mil kwanzas de taxa de justiça e 500 mil kwanzas de indemnização ao agente ofendido, Novato Manuel Fernandes.

 

O kudurista foi, em 2008, absolvido pelo Tribunal de Policia, depois de acusado dos crimes de desacato a autoridade, injúrias e motim.


Fonte:
Angop

Rádio Jet7 Angola

Vídeos Sugeridos

Procurar Vídeo