Kool Klever adia lançamento do seu novo disco

A data de apresentação do novo trabalho de Kool Klever foi adiada para 28 de Abril

Através da sua página oficial no Facebook, Kool Klever cancelou o lançamento do segundo trabalho oficial intitulado "Menos Kool, Mais Klever". O artista da "Cérebro" não revelou as principais causas apenas salientando que "por motivos de força maior" foram obrigados a mudar a data da venda e sessão de autógrafos para o dia 28.

O músico acrescentou que espera que essa mudança de planos não venha a alterar a corrente positiva que se conseguiu criar à volta do seu projecto, que deveria ter sido lançado a 14 de Abril. Klever aproveitou também  para pedir desculpas pelos transtornos que essa mudança possa eventualmente ter causado.

O novo trabalho foi captado e produzido nos estúdios da "Tem Shine" e conta com varias participações, nomes do Rap lusófono, como Azagaia, Laton, X Da Questão, Lukeny Bamba, Francis, Ready Neutro, Imo Cabir, Vui Vui, Atitude T, Newronio, Marques LD, Sir Green, Doutros Tipos, B step, Nigga B, Gilmario (Tuneza) e Mali G.

Kool Klever, além de MC é radialista e um dos mais antigos rappers em Angola, considerado um dos pais do hih-hop angolano é uma lenda viva na comunidade do rap.

O artista que agora está menos 'kool' e bem mais 'klever' tem apenas um CD no mercado, o álbum Kooltivar, e é conhecido por ser um grande compositor, tendo escrito para vários artistas  conceituados como Big Nelo, Bruna Tatiana e outros.
O músico começou a carreira em 1992 com o grupo GC Unity. Em 2005 gravou, na África do Sul, pela Madtapes, o single Kooltivar, que deu origem mais tarde ao álbum Kooltivar (Páginas Rimadas do Livro da Minha Vida), gravado em Luanda entre 2007 a 2008. O álbum foi lançado em Dezembro de 2008.

Esta nova obra discográfica  é uma continuação da linha temática do álbum anterior.
 
Em "Menos Kool, Mais Klever" há uma maior liberdade no que diz respeito ao uso da língua. Além do rap propriamente dito, Kool Klever viaja por outras modalidades como o Spoken Word e o Word Jazz.
 
Em relação à temática desenvolvida no disco há uma diversidade de conteúdos que evidenciam as vivências, opções, sonhos, desejos, ambições do artista e também questões caricatas da vida quotidiana e da sociedade actual, dando possibilidade ao ouvinte de se identificar com a nova obra.

 

Fonte: Sapo Banda

Rádio Jet7 Angola

Vídeos Sugeridos

Procurar Vídeo