Biografia da cantora angolana Kika Santos

Biografia da cantora angolana Kika SantosKika nasceu na cidade angolana de Benguela, a 2 de Junho de 1973. Criada no seio da família paterna com algumas tradições musicais, recebeu uma educação europeia. O pai e o avô de Kika pertenciam à banda "The Lovers", que muitas noites angolanas animou.

 

Aos nove meses de idade veio viver com a familia para Portugal devido a conflitos políticos. A voz de Kika cedo se revelou e a sua carreira começou profissionalmente numa banda de bares no Algarve, onde residia.

 

A vocalista frequentou ainda o curso Superior de Medicina dentária, em Lisboa. Na capital portuguesa foi ainda convidada para integrar os "Blackout" banda onde foi ganhando destaque como Letrista/Compositora para além de Vocalista principal.
 

Durante o tempo que permaneceu na banda que a tornou conhecida do grande público, Kika. participou em alguns projectos musicais relevantes do panorama musical português e estrangeiro.

 

1992 - interpretou o tema "Free your mind" de Tó Ricciardi que integrou uma compilação de Dance Music portuguesa editada em todos os países da Europa e Estados Unidos. No mesmo ano, a convite de Carlos Martins, interpretou o genérico do filme "PAX" em pareceria com Filipa Pais.

 

1993 - Kika vai viver para Inglaterra onde trabalha com musicos e técnicos no "Southtields Music Project " em Leicester. Desenvolvendo o seu trabalho como vocalista, aceita desafios em várias áreas inclusive no hip hop de Dj Jess, onde interpretou o tema " Underground " e no house de Gary e Tony Robinson dando voz a "If´s up-to you..." .

1994 - Participação de Kika no projecto M.D.A.

 

1995 - Kika muda-se para Londres onde decorrem as gravações do 1º Album dos Blackout sob produção de Ernié Mckone, baixista da conhecida banda Acid Jazz - GALLIANO - tendo contado com a colaboração de alguns elementos da mesma banda:

 

- Vallerie - Voz

- Crispin - Percurssão

- Nick - Bateria

 

Foram outros os nomes da cena musical internacional que também trabalharam com Kika na gravação do referido album:

 

- Micke Mcvoy - Soul to Soul

- Jacko - Paul Weller

- Vivienne Mckone

- Tony Loby - The Specials

- Tony Robinson - House Martins

- Andy Price e Eddie Dublin - Sun Of

- Arden - Carleen Anderson

- Neil County, entre outros.

 

Seguidamente Kika regressa a Portugal aquando da ediçao do 1º Album da banda. Torna-se conhecida do grande público quando, os seus temas começaram a rodar repetidamente nos rádios nacionais.” Os refrões cantados pela voz de Kika resultaram particularmente bem nos Verões consecutivos e tornaram-se suficientemente notados para provocar o interesse generalizado do público.”- in Púbilco.

 

1996 - Devido à sua forma de estar em palco, à sua- presença magnetizante, à sua atitude irreverente e claro, sobretudo ao timbre de voz, que lhe é muito peculiar, Kika é uma das nomeadas a voz feminina nacional na 2ª Edição dos Prémios Blitz, juntamente com Teresa Salgueiro, Dulce Pontes, Maria João e Viviene.

 

1997 - Participação da vocalista na gravação do album ao vivo dos "Santos e Pecadores" onde interpretou, em dueto com Olavo Bilac, o tema "Quando se perde alguém". Gravação para a qual foram também convidados Paulo Gonzo e Marta Dias.

 

No mesmo ano Kika dá voz, também em dueto, desta vez com Sam, ao genérico da série juvenil - Riscos,- onde também teve uma participação pontual como actriz ao lado de nomes consagrados do cinema português entre os quais: Diogo Infante, Alexandra Lencastre, Ana Zanatti, Virgílio Castelo, Rogério Samora entre outros.

 

Em Março do mesmo ano, Kika recebe um convite da Expo98 para participar na rubrica "As Vozes", tendo como desafio a apresentação de um concerto seu, independentemente do projecto a que pertence (Blackout). Convidados para a mesma rubrica foram também: Paulo de Carvalho, Carlos do Carmo, Paulo Bragança, Nuno Guerreiro, Janita Salome e Sam. Entre as vozes femininas estiveram também: Teresa Salgueiro, Dulce Pontes, Maria João, Isabel Silvestre e Helena Vieira.

 

Nessa altura, Kika reune um núcleo de musicos com os quais começa a trabalhar no reportório de inéditos a apresentar no já referido espectáculo. É então que tendo em vista o desenvolvimento da sua carreira a solo, a vocalista conjuntamente com Miguel Guia (ex DR SAX) e Hugo Novo começa o trabalho de composição baseando-se numa nova fórmula enquadrada na chamada música negra mas desta vez apostando em algo de mais ousado que navega entre vários ritmos da Soul.

 

1998 - Kika regressa a Londres para gravação do 2º album da banda "Blackout" e após a edição do mesmo, por uma questão de incompatibilidade de projectos, abandona a banda da qual é vocalista,mas promete-lhes a possibilidade de a conhecerem melhor com um trabalho mais adequado às suas intenções no mundo da música, às sas preferências e gostos musicais.

 

A 9 de Setembro, com uma banda composta por 17 elementos e após um trabalho intensivo de composiçào, arranjos e ensaios sob a direcção musical de Miguel Guia, Hugo Novo e pela própria Kika, é apresentado na Expo98 o seu primeiro concerto a solo servindo de mote para a apresentação daquilo que será o seu disco.

 

2000-Ouro Azul

 

"Ouro Azul" foi produzido por Jeff Taylor (nome reconhecido no meio musical norte-americano, tendo trabalhado com artistas como Michael Jackson, Janet Jackson, Sounds Of Blackness, Boyz II Men, Berry White, Patti Labelle, Terence Trent Darby, entre muitos outros é gravado nos Estados Unidos, nos Madjef Studio Inc (Minneapolis) e conta com a colaboração de diversos músicos, entre os quais se encontra Miguel Guia (ex-Dr. Sax) e Hugo Novo.

 

Seguidamente ao arranque da sua carreira a solo, Kika decide explorar uma outra área soul desta vez um pouco mais jazzística (Loopless) que numa abordagem acústica se direcciona a um público, a palcos e a um mercado diferentes, perspectivando assim uma internacionalização.

 

2002-Foi um ano de algumas concretizações:

 

Participação de Kika no projecto Shelter Av. onde dá a voz ao tema “Watergates” incluido na compilação showcase#2 com edição Nylon.

 

No mesmo ano, a convite de Luis Leite e Alex Santos, Kika participa no tema Light Up My Cigarette.

 

Participou no album de estreia dos Spaceboys ao cantar o tema In and Outter Space.

 

Ainda em 2002 Kika inicia a gravação de um album para a editora independente Nylon/Offtherecord com o seu novo projecto “Loopless”.

 

2003-Edição do seu quarto registo discográfico com o álbum de estreia do projecto Loopless.

 

Entre palcos ,e estúdios,, Kika leccionou canto numa escola de música privada.

 

2004/2006 – A par da Música que faz, e da concretização de novos interesses ,assume a produção audiovisual numa Agencia de Publicidade - A Brandia (Basement).

 

2006/2008 – Kika continuou a trabalhar na área publicitária. Estúdio Som de Lisboa, Addvoices e Ivity Brand Corp foram empresas onde desenvolveu esta actividade.

 

Paralelamente, partcicipou em projectos de outros artistas:

 

Sr Alfaiate; Composto de Mudança; Tora Tora Big Band e Mind da Gap foram alguns em que participou.

 

Actualmente decorrem as gravações do 2ºalbum de Loopless.

 

Entretanto, finalizada a sua 1ª colecção de pintura em acrílico denominada “ Art Beats From The Heart”, o single correspondente a este projecto que une pintura e música de sua própria autoria, encontra-se já nas playlists das principais radios nacionais.. “U Fill Me”é o som que marca o ínicio deste novo trabalho.

 

www.kikasantos.com

http://www.myspace.com/kikasantos1

 

Fonte: Jet7 Angola

Rádio Jet7 Angola

Vídeos Sugeridos

Procurar Vídeo