John Legend sofre racismo. Foi chamado de "macaco"

O racismo tem sido cada vez mais debatido na sociedade norte-americana, principalmente devido à crescente onda de violência contra cidadãos negros. Entretanto, desta vez, a vítima é o cantor John Legend, revela a revista Variety.

De acordo com esta revista, o incidente aconteceu quando um fotógrafo se dirigiu ao cantor chamando-o de macaco ao pé da sua esposa: “Nós estávamos mesmo um ao lado do outro e olhamos do género, Ele realmente disse aquilo? E ele tinha mesmo dito. Ele basicamente chamou-me macaco” – revelou.

O músico garantiu que é mais inteligente e forte, por isso, não dá importância a este tipo de comentários: “Eu não vou ficar magoado por alguém dizer isso porque sou mais inteligente e forte.”

John Legend afirmou que infelizmente o racismo ainda existe no seio da sociedade norte-americana:

“Os negros tiveram de lidar com o facto de serem chamados de macacos durante muito tempo e a desumanização foi sempre um método de racismo e subjugação das pessoas negras. Faz parte da história da América e ainda do presente, aparentemente” – afirmou.

Fonte: Notícias ao Minuto / Variety

(Foto: Reprodução)

Vídeos Sugeridos

Procurar Vídeo