Ex-marido de J.Lo insiste em divulgar imagens íntimas

Ojani Noa está cada vez mais irritado com a ex-mulher, Jennifer Lopez. A irritação de Noa prende-se com o facto da cantora ter ganho em tribunal a acção movida por Lopez que o impedia de publicar cenas íntimas do ex-casal. Noa pretende transformar as imagens da intimidade do ex-casal em documentário:

 

«Ela está a destruir a minha vida. É mais uma prova do que consegue fazer com dinheiro e poder. Está a tentar impedir-me de viver a minha vida» disse em entrevista ao «New York Daily News».

 

Segundo Ojani, o vídeo proibido é um documentário ao estilo Borat sobre a sua vida na qualidade de emigrante cubano: «Não vou fazer dinheiro com este trabalho. É um vídeo de encerramento. É a minha história», concluiu.

 

Recorde-se que um juiz proibiu, temporariamente, o primeiro marido de Jennifer Lopez, Ojani Noa, de distribuir um filme com imagens explícitas da vida sexual do ex-casal.  Mas Ojani Noa, que esteve casado com a cantora e actriz durante 11 meses, já avisou que vai contestar a decisão judicial.

 

A ordem foi dada esta segunda-feira, pelo juiz James Chalfant, do Tribunal Superior de Los Angeles, ao ex-marido de Jennifer Lopez e vai manter-se até à próxima audiência.

 

Jennifer Lopez moveu uma acção contra Noa na sexta-feira, assim que foi informada que o ex-marido estava a oferecer a alguns elementos da indústria cinematográfica um filme com imagens íntimas.

 

Entre as imagens incluía-se Lopez e Noa em cenas de sexo explícito durante a lua de mel em 1997. O vídeo inclui ainda imagens de Lopez em lingerie ou a subir para uma moto com um vestido curto sem lingerie. Outro fragmento do vídeo mostra Ojani a correr atrás de Jennifer Lopez, a dar-lhe palmadas no rabo.

 

Lopez, casada com Marc Anthony desde 2004 e com quem teve dois filhos, exige uma indemnização por danos morais e uma ordem judicial a proibir a difusão permanente de qualquer vídeo que revele o casal em situações íntimas.

 

O juiz emitiu uma ordem temporária para que o filme proposto, «How I Married Jennifer Lopez: The Jlo and Ojani Noa Story», não seja divulgado por considerar que o mesmo viola os termos anteriores de um acordo fechado entre Lopez e Noa, onde este se comprometeu a não revelar informações particulares a respeito da cantora.

 

Segundo a Reuteurs, Ojani Noa, compareceu ao tribunal, nesta segunda-feira sem advogado mas já avisou que a ordem do juiz não vai dissuadi-lo de sua intenção.

 

A ordem temporária emitida pelo juiz na segunda bloqueando a distribuição do filme também se aplica ao produtor do filme, Ed Meyer, embora o advogado alegue que Meyer não é obrigado a respeitar os termos do acordo entre Lopez e Noa.

 

Fonte: Portugal Diário

Rádio Jet7 Angola

Vídeos Sugeridos

Procurar Vídeo