Jacinto Tchipa homenageado no Musongué da Tradição

Jacinto Tchipa homenageado no Musongué da Tradição

O cantor angolano Jacinto Tchipa foi homenageado este domingo (10), no Centro Recreativo Kilamba, em Luanda, no projecto denominado Musongué da Tradição, cujo objectivo é galardoar mensalmente uma figura de destaque do music hall angolano.

Jacinto Tchipa está há vários anos longe da ribalta e já não grava discos há mais de quatro anos. Porém, o artista tem uma trajectória preenchida de sucessos e actuações pelo país.

Foi por este motivo que a direcção do Centro Recreativo Kilamba o escolheu para o homenagear no mês de Maio. Jacinto Tchipa subiu ao palco aos aplausos da assistência constituída por fãs, amigos e colegas de profissão que fizeram transparecer emoções enquanto entoava canções de um período em que Angola ainda era assolada pelo conflito armado.

No momento em que esteve em palco, Tchipa dirigiu-se à plateia com palavras de agradecimento e disse que a homenagem representava para ele um marco na sua trajectória artística.

Na ocasião, o artista recebeu das mãos de Rosa Roque, fundadora da banda feminina “Gingas”, um certificado de mérito que representa a homenagem do Centro Recreativo Kilamba. À tarde foi igualmente preenchida pelas actuações de Dom Caetano, Lulas da Paixão e de Suzanito que interpretou canções dos artistas Nick e Artur Nunes, ambos já falecidos.

Jacinto Tchipa nasceu na Caála, Huambo e notabilizou-se no mercado durante os anos 80, quando venceu por dois anos consecutivas (1986 e 1987) o concurso Top dos Mais Queridos, organizado pela Radiodifusão Nacional de Angola (RNA). O seu primeiro disco tem o nome de África” e foi gravado em vinil.

Fonte: Angop

Rádio Jet7 Angola

Vídeos Sugeridos

Procurar Vídeo