Isabel dos Santos processa revista portuguesa "Sábado"

Lisboa - A  magnata Isabel dos Santos processou a revista portuguesa  SÁBADO que a dedicou várias páginas contando a  história da sua ascensão nos negócios em Angola explorando  também a parte pessoal da sua vida - sempre em ligação ao  Presidente Eduardo dos Santos cujo conteúdo foi considerado pela mesma como  difamatório.


Crime de Calunia e difamação

 

O Ministério Público português que inquiriu o processo considerou sem fundamento as parte das alegações da empresaria angolana. No entanto, a mesma optou por avançar com uma “acusação particular” contra o autor do texto, Nuno Pinto  por alegadamente terem dito que ela teve um “casamento faustoso” e que levou uma “vida boémia”.

 

Corre em meios  jornalístico  em Portugal que o mesmo escreveu o texto baseado em dados colhidos em jornais e sites angolanos embora haja também a versão da existência de outras fontes  que o terão relatado que  durante a festa de casamento  "ela chegou a  beber meia garrafa de Whisky" e que os serviços do protocolo da presidencia angolana  tiveram que a "socorrer".

 

No passado dia  11 de Janeiro o tribunal que acompanha o processo ficou de receber a documentação e a lista de potenciais testemunhas que irão depor em favor do jornalista daquela publicação portuguesa.

 

Fonte: Club-k

Rádio Jet7 Angola

Vídeos Sugeridos

Procurar Vídeo