Irina Flores anuncia fim do relacionamento com Paulo Flores

Paulo Flores

 

É do conhecimento de todos os rumores que se divulgaram em torno da relação de  Paulo Flores e Irina Flores. Muitos foram os boatos poucas foram as verdades. E sendo uma situação sensível e se tratando da vida íntima de outrem, decidimos abordar esse assunto com um pouco mais de respeito e gostaríamos que os nossos leitores o fizessem também.

 

Como em toda e qualquer e relação problemas sempre surgem, mas o que irá definir se essa relação durará ou não dependerá muito de como as pessoas lidam com esses problemas, como se projetam perante eles, se de forma adulta e madura ou de forma infantil e imatura.

 

Mas como já referimos, a forma como lidamos com esse tipo de coisas, reflete muito o que esperamos dessa relação. E segundo fontes fidedignas, a razão da separação deve-se a um desgaste natural, stress no relacionamento, de acordo com o post feito no Facebook, pela esposa do cantor   que  a mesma era humilhada, desvalorizada, e que a aguentou durante muito tempo essa situação para o bem da relação e dos seus filhos.

 

Dessa forma, Irina  sentindo-se  cansada e preocupada com os níveis com que a relação estava caminhando, preferiu dar um basta, e garantir sua sanidade mental e física. Uma decisão tomada por ela, pois as suas razões, diferentes das que o público tem conhecimento obrigam-na a tomar tal atitude. Ela publicou e até mesmo mudou seu status na rede social Facebook.

                        

“Minha gente estou solteira, tive essa coragem, para muitos vai ser motivo de abrir as garrafas que estão guardadas a muito tempo a espera deste dia, ao fim de treze anos, de coisas que muitos de vocês, nem sabem o que é. Eu sei. Aos meus filhos lukenny mello, kesiah flores, kiari flores ,desde já peço mil perdões, é com muita dor, e muita tristeza, e muitos anos de sofrimento, que a mama, várias vezes, por muitos anos vos escondeu, o que na verdade já não tinha retorno, meus queridos filhos lamento muito, essa vida nova que vamos ter, gostava também de pedir aos meus amigos facebookeanos, poucos comentários que possam de alguma forma, entristecer, ou magoar, a minha família, que há muito tem sofrido calada, espero que tenham um pouco de respeito pela dor, pela qual eu, e meus tres filhos estamos a passar neste momento, também gostava de informar, que é por minha vontade, e que, eu estou a tomar a decisão de sair, desta relação, e que tive a coragem que tu me pediste, mas os motivos que eu estou a sair, ficaram no segredo dos deuses, que não podem tudo, não conto o teu segredo para ninguém, até porque, desde sempre a corda rebenta para o lado dos mais fracos, gostava de mencionar, algumas pessoas, que de alguma forma contribuíram, para a minha dor, que para a dor da minha família, Hilberto Liberato, nunca foste bem vindo a casa dos meus filhos, porque os amigos que vão as putas com o pai das crias, não entram em minha casa, Yuri da cunha, um dia foste a minha casa com a uma das tuas amantes ou Mulheres, e tu sabes o que eu te disse, espero que nunca, te esqueças de mim, a Mel chaves, gostava que um dia tivesses noção, que do bairro somos todas nós, e que espero que leves todas as sovas que levei, só pelo facto de teres dito a verdade, sobre o resto do Bairro, a ti querido Paulo espero que estejas pronto, para viver a vida, que, sempre desejaste, mas que eu, e meus filhos não te deixamos.  E espero que não arranjes, nunca mais uma dama do musseke como eu, que nós, os pobres, temos personalidade, coisa que voçes, os riquinhos, nem sabem o que é!!!!!!!!para vocês a vida esta pronta, para nós a vida é uma luta constante ,kibeto mais kibeto. Espero que a vida te mostre ,o que é morrer de sede em frente ao mar.”

 

Do que pudemos saber sobre o assunto em questão com as pessoas mais próximas é que o casal encontra-se separado, por motivos de ciúmes e traições e outros boatos  que envolvem  varias personagens  que  por respeito a essas pessoas, não iremos mencionar os seus nomes. Inclusive o Paulo Flores tinha no seu estado casado com Irina, mais de forma discreta esse status sumiu.

 

Irina deu uma breve entrevista ao site Platina Line: 

 

PL: Olá Irina, lamento muito o que aconteceu .

 

E gostaria de saber se gostaria de falar sobre o assunto  para Platina Line, os leitores não para de perguntar e de tirar as suas conclusões. Abraços

 

Irina Tatiana de Almeida: em Luanda sempre se tira conclusões muitas vezes erradas.

 

PL: Que achas de marcamos uma conversa para explicar aquele desabafo no facebook ?

 

Irina  Tatiana de Almeida : olha eu vivo em Lisboa , o Paulo é que vivi ai, em Luanda, aquele desabafo, e o que é, eu estou cansada, dessa gente que tem por mania falar da vida alheia mas como eu estou em Lisboa eu não sei ate que ponto é verdade ou mentira, o que elas me falam, mas sinto que tudo vai mal.

 

PL: Irina mas algum problema em tornar este assunto público oficialmente?

 

Irina Tatiana de Almeida : Eu não tenho nenhum problema, o Paulo dorme depois de uma farra como tanto gosta, acredito que ele nem sabe deste meu momento de tristeza. Entende como quiser, eu, Irina não posso deixar a vida passar por mim dessa maneira, estou o Paulo desde os meus dezanove anos de idade, tenho hoje trinta e dois, e ao que parece, sou a única pessoa que esteve nisto a 100/. Quando chegares liga pra mim, eu acho que as mulheres angolanas, sofrem muito com varias questões, chega a ser tão ridículo que a lei contra a violência domestica nem sequer tem um ano, eu acho triste, num pais como Angola com pessoas tão capazes. As mulheres ainda sofram algumas situações, o homem Angolano tem que dar valor a mulher de Angola, se não vamos continuar a ser escravizadas, e um lugar onde o homem é  impune ,ate tem o dia do homem, além de ter entre duas e três casas onde não presta o seu devido dever de pai, se continuar assim, vamos ter mais uma geração perdida, eu acho que o governo devia tomar medidas serias, e considerar crime certas coisas, um homem que tem varias casas é   um homem ausente em alguma das suas casa, ou o estado assume de vez, esse estatuto, e transcreve a poligamia para constituição, ou então não sei, só acho que a condição da mulher Angolana tem que mudar, as brancas Olhão para nos as africanas, com maus olhos, acham que nos estamos a estragar o trabalho que elas durante tanto tempo conseguiram. E o homem africano tem assumir aquilo que e ou que quer ser.

 

Fonte: Platina Line

Rádio Jet7 Angola

Vídeos Sugeridos

Procurar Vídeo