Irene Ramos: De Miss Huambo a Gestora de empresas

Irene Ramos: De Miss Huambo a Gestora de empresas

 

A Miss Huambo 2013 e primeira dama de honor do concurso Miss Huambo 2013, é das mulheres mais belas do país. Em entrevista à revista People a modelo fala do seu percurso no mundo da moda e faz um breve resumo dos seus objectivos pessoais e profissionais.

 

Hoje é o rosto do Champanhe “Lover’s Kiss” da Casa Potel Prieux. Irene é mulher determinada: "A mulher angolana é guerreira e batalhadoa por natureza. Caracterizo-me como uma mulher que luta pelos seus ideais, perfeccionista, ambiciosa, única, amiga dos seus, e que tem Deus e a sua família como suporte. Sou uma mulher abençoada e valorizo o que tenho". A modelo desde cedo que se interessou por programas, revistas, e sites relacionados com a moda, concursos de beleza e outros. Foi assim que surgiu o grande desejo de miss e modelo.

 

De acordo com Irene, a moda angolana está a crescer. Existem mais estilistas , modelos, manequins e até agentes. Houve um acréscimo quantitativo e de qualidade também. Os trabalhos internacionais aparecem com mais frequência, mas ainda falta incentivo e criação. A modelo tem trabalhado com o grupo Chingango e foi rosto oficial do Champanhe Lover’s Kiss da Casa Potel Prieux. Irene após ter feito diversas actividades filantrópicas enquanto Miss Huambo, decidiu dedicar-se ao Curso de Gestão de Empresas:

 

"Pretendo trabalhar na minha área de formação. Contribuir para o desenvolvimento e crescimento do nosso país, porque nós os jovens é que daremos sequência ao trabalho desenvolvido pelo executivo. Daí a formação académica ser a chave do futuro".  

 

Como toda a mulher a modelo tem o desejo de casar e constituir família ao lado da pessoa amada. Namora com um empresário angolano e sonha com um casamento tradicional, com a presença de familiares e amigos. Num contexto mais pessoal, Irene admite ser humilde e teimosa. Questionada acerca do que acha que seria o título ideal, famosa ou figura pública, a modelo remata: “Nenhuma das duas. Sou simplesmente a Irene Ramos e não defendo títulos mas sim a personalidade”.

 

Fonte: Sapo Angola

Rádio Jet7 Angola

Vídeos Sugeridos

Procurar Vídeo