I love Kuduro vence prémio de melhor fotografia no festival Cineport

I love Kuduro vence prémio de melhor fotografia no festival Cineport

 

O I love Kuduro venceu o prémio de melhor fotografia no Festival de Internacional de Cinema, em Paraíba, depois de esgotado a sessão em Portugal, no DocLiboa, e ter voltado ao Brasil para ser exibido no CineSesc em São Paulo, no Cine Santander Cultura, na cidade de Porto Alegre. 

 

Numa realização de Mário Patrocínio e resultado de uma produção entre a BRO, produtora portuguesa, e a empresa angolana Da Banda o “I Love Kuduro” retrata a origem do Kuduro, a forma como se propagou de Angola para o mundo e o que gira em torno desta cultura urbana Luandense.

 

O trabalho, que decorreu durante seis meses, permitiu o contacto e o acompanhamento privilegiado dos expoentes máximos do movimento angolano, onde se incluem nomes como Nagrelha, Príncipe Ouro Negro e Presidente Gasolina, Tchobari, Francis Boy, Cabo Snoop, a irreverente Titica, o precursor Hochi Fu e os padrinhos do ritmo, Tony Amado e Sebem. À perspetiva das mais idolatradas estrelas “Kudurenses”, junta-se ainda a de outras personalidades como os estilistas Tekasala e Shunnoz, que também dão o seu parecer sobre o Kuduro e o apresentam enquanto identidade cultural e visual.

 

O Kuduro é o mais popular movimento cultural urbano de Angola. Surgiu em Luanda há cerca de 20 anos e consiste numa mistura de batidas electrónicas, toques de dança, animações vocais e movimentos corporais exuberantes, numa explosão de cores e estilos únicos.

 

Fonte: Sapo Banda

Rádio Jet7 Angola

Vídeos Sugeridos

Procurar Vídeo