Heavy C representa Angola no prémio Cabo Verde Music Awards

O músico e produtor angolano Heavy C actua sábado, no Estádio da Várzea, na cidade de Praia, na Ilha de Santiago, em Cabo Verde, durante a gala de entrega de prémios da terceira edição do Cabo Verde Music Awards.
 

O artista, que também é compositor, parte amanhã para o arquipélago e é acompanhado por uma banda formada por artistas cabo-verdianos para participar no Cabo Verde Music Awards, com início às 20h30, fruto do intercâmbio entre os dois países, particularmente entre os Ministérios da Cultura e os artistas.
 

Heavy C disse ao Jornal de Angola que parte com excelentes expectativas, em especial no que ela pode significar para o desenvolvimento da música angolana, “uma vez que a música antilhana, cuja essência provém em grande parte do trabalho cabo-verdiano, teve muita influência no país”.
 

O músico adiantou que tem outros convites para actuar, na próxima semana, noutras ilhas e cidades cabo-verdianas, apesar de ter de confirmar alguns dos concertos exclusivos e as suas participações em espectáculos nas cidades de São Nicolau, São Vicente, Santo Antão e Fogo.
 

“Há um intercâmbio, cada vez mais forte, entre os músicos de ambos os países. Eles são um exemplo a seguir, pois apresentam trabalhos de elevada qualidade, que alcançam marcas impressionantes, mesmo sem condições financeiras”, destacou o artista.  
 

Heavy C começou a sua carreira num grupo de Hip Hop, denominado projecto Abstrato, com as funções de produtor e vocalista. Nessa mesma altura, forma um dueto com a cantora França, no grupo Only D, com o qual editou, em 2000, o CD “Chegamos”, que lhe valeu o prémio de voz revelação, enquanto o álbum foi considerado Disco Revelação.
 

Em 2002 criou a produtora Bué d’Beats, responsável pela produção e co-produção dos seus discos e do de músicos como Yola Semedo, Matias Damasio, Ary, Pérola, Yola Araújo, Marita Vénus, Negro Bué, Dog Murras, Killa Hill, Gomez, Puto Prata e o Army Squad.
 

O seu primeiro disco a solo, intitulado “Meu lado ango-brasileiro”, foi produzido exclusivamente para o mercado Brasileiro, em 2008, e contou com as participações especiais de Jorge Aragão, D Black e Bruno Sorriso Maroto. O músico editou igualmente os CD “Custou” (2002), “Não largo o Amor” (2009), e “Love” e “Zouk” (2012).

 

 

 

Além de Heavy C, actuam na gala do Cabo Verde Music Awards 2013 o brasileiro Diogo Nogueira, vencedor de Grammy’s, um Prémio MTV e detentor de discos de Ouro e Platina, os Boy Gê Mendes, Shaudeh Price, Michel Montrond, Boss AC, e o grupo Splash, representado por Grace Évora, Laise Sanches e Djoy Delgado.

 

Fonte: Jornal de Angola

Rádio Jet7 Angola

Vídeos Sugeridos

Procurar Vídeo