Grande Show do Grupo Kassav em Luanda na cidadela dia 30

imageA organização do espectáculo do agrupamento antilhano Kassav, a ter lugar neste sábado, no estádio da Cidadela, em Luanda, colocou já à disposição do público 40 mil bilhetes.

 

A informação foi avançada hoje à Angop por Ikuma Bamba, membro da organização do evento, acrescentando estarem reunidas todas as condições técnicas para a realização do show sem problemas. Os bilhetes estão a ser vendidos a partir de hoje em várias casas e nas bilheteiras do local do espectáculo.

 

Sem especificar o número de bilhetes disponíveis para cada espaço preparado, Ikuma Bamba avançou que os ingressos de acesso à relva custam mil e quinhentos kwanzas, três mil kwanzas para os da bancada central e dois mil kwanzas para as bancadas laterais.

 

Avançou que para garantir o suporte foram montados equipamentos de som com capacidade de 80 mil watts e um palco com 16 metros de largura e 10 de cumprimento.

 

Sobre a segurança, a fonte informou estarem garantidos cerca de 200 polícias das várias especialidades e membros da segurança privada. “Temos ainda o Serviço Nacional de Bombeiros, Emergências Médicas, entre outros, para a prevenção e garantir uma assistência adequada a quem necessitar”.

 

Além do grupo Kassav, que tem chegada prevista para o dia 29 (sexta-feira), farão ainda parte do show os angolanos Yuri da Cunha, Yannik Afromen e Yola Semedo, bem como o humorista Calado Show.


Kassav é uma banda de zouk da ilha de Guadalupe formada em 1979. Os membros originais da banda são Jocelyne Beroard, Jacob Desvarieux, Jean-Philippe Marthely, Patrick St. Eloi (falecido), Jean-Claude Naimro e Georges Decimus (que actualmente não mais faz parte do grupo) junto com alguns outros componentes, que permaneceram pouco tempo no grupo.


O total de álbuns (em forma de LP e/ou CD) lançados pela banda é aproximadamente de 30.


O Kassav foi criado por Pierre-Edouard Décimus, músico profissional que, junto com Freddy Marshall, decidiram transformar a música de carnaval de Martinica e Guadalupe em um estilo mais moderno. A banda foi a primeira a despontar como pioneira do zouk. O seu som se tornou "pan-caribenho", englobando elementos do reggae e da salsa. O seu primeiro álbum “Love and Ka Dance” (1980) estabeleceu aquilo que seria conhecido como o zouk.


O grupo se tornou cada vez mais popular, atingindo o seu auge em 1985 com o álbum “Yélélé”, onde se destacava o sucesso "Zouk la sé sèl médickaman nou ni". Com esta música, o grupo espalhou a sua música pela América Latina e também pela Europa e até mesmo em países da Ásia, popularizando também a dança zouk.

 

Fonte: Angop

Rádio Jet7 Angola

Vídeos Sugeridos

Procurar Vídeo