Gabriel Tchiema lança novo disco «Mungole»

Gabriel Tchiema lança novo disco «Mungole»

 

“Mungole”, expressão tchokwé que significa chuva contínua e miudinha, é o título do terceiro CD de Gabriel Tchiema, que é posto à venda no domingo (22 de Dezembro), a partir das 8h00, em Luanda, na Praça da Independência.

 

O disco, gravado em Cuba e em Paris, tem 12 faixas, maioritariamente cantadas em tchokwé, produzido por Nino Jazz, Fredy, Simmons Massini e Andy Rubal, privilegia os ritmos do leste de Angola. O primeiro disco de Gabriel Tchiema, “Yena Nhi Yami”, foi posto à venda em 1998, mas foi com o “Azulula”, lançado dez anos depois, que se tornou mais conhecido.
 

O músico disse recentemente à Angop que é “necessário apostar mais na rítmica angolana, como forma de valorizar a cultura e as tradições do país”.
 

O artista referiu então que “os criadores angolanos devem olhar com mais regularidade e seriedade para a cultura nacional” e “apostarem mais nos ritmos e nas sonoridades típicas de cada região do país”.  Nos meus discos, afirmou o músico, procuro incluir temas interpretados em línguas nacionais, até porque bebi e continuo a beber as tradições da região leste do país”.
 

Gabriel Tchiema, que nasceu em 1966, no município do Dala, antes de Mungole, gravou “Nhena Nhi Nhami” e “Azulula” (Abre-te). Começou a tocar e a cantar música angolana em Cabinda, onde até 1990 cumpriu serviço militar. É co-fundador da Banda ASP.

 

Fonte: Jornal de Angola

Rádio Jet7 Angola

Vídeos Sugeridos

Procurar Vídeo