Família de Michael Jackson preparou fuga do cantor

O irmão de Michael Jackson, Jermaine, disse sábado ao jornal “The Times”, que se o “rei da pop” fosse condenado por abuso sexual de menores, como foi acusado em 2005, a família tinha um avião preparado para o levar para Bahrein.


Jermaine revelou desse modo que havia um plano de fuga para Michael Jackson, com destino a Bahrein, sendo a escolha deste país do Golfo Pérsico por não ter tratado de extradição com os Estados Unidos.O país é um pequeno estado insular do Golfo Pérsico, com fronteiras marítimas com o Irão a nordeste, com o Qatar a leste e com a Arábia Saudita a sudoeste, cuja cidade capital é Manama.


O plano de fuga acabou por não se concretizar porque Jackson, que morreu a 25 de Junho de 2009, acabou absolvido de todas as acusações que pesaram sobre ele em Junho de 2005.A primeira acusação ocorreu em 1993, quando o pai de Jordan Chandler o processou por abusar sexualmente do seu filho de 13 anos. A queixa acabou por ser retirada e resolvida sem a intervenção dos tribunais, com um acordo milionário de 20 milhões de dólares.

 

Dez anos depois, bombardeado pela media, o cantor concedeu uma entrevista à ITV, no especial Living with Michael Jackson. O astro disse que não havia mal nenhum em dormir na mesma cama com garotos e foi além: confessou que gosta de dormir ao lado dos seus convidados no rancho Neverland. Ao seu lado, apareceu um rapaz de 13 anos.


A polémica gerada pela entrevista provocou uma investigação policial, na qual Michael foi preso, pagando uma fiança de três milhões.

Em 2005, surgiu uma nova com outro rapaz que moveu um processo contra o músico, desta vez inocentado por unanimidade.

 

Fonte: Jornal de Angola

Rádio Jet7 Angola

Vídeos Sugeridos

Procurar Vídeo