Entrevista com Karina Gonçalves do "Sempre a Subir" da TPA 2

imageKarina Gonçalves apresenta o programa “Sempre a subir”, da TPA 2, ao lado do Kudurista Sebem.

 

Nascida há exactamente 24 anos. Karina conserva, entre os seus sonhos, o de superar-se profissionalmente e ainda não se sente realizada, pois sabe que pode fazer mais a nível pessoal e profissional.

 

Gosta de estar na companhia da mãe e tem como ídolo o pai. Os seus músicos favoritos são Paulo Flores e Madonna.

 

Nome: Tânia Karina B. Gonçalves


Data de nascimento:
20 de Janeiro de 1986


Calçado: 38


Ocupação: Apresentadora de televisão na TPA 2


Naturalidade: Luanda


Estado civil: Solteira


Filhos: Ainda não


Sonhos: Evoluir a nível interior e superar-me profissionalmente em cada dia 


Sente-se realizada? Ainda não. Sinto que ainda posso fazer mais
Tem carro próprio? Sim


E casa? Não. Vivo em casa dos meus pais


Como se veste de segunda a sexta-feira? Como qualquer jovem da minha idade. Sou vaidosa, mas não excessivamente

  
E aos fins-de-semana? Uso roupas mais leves, simples, que me deixem à vontade


Usa roupa de marca? Tenho algumas, mas primo mais pela qualidade do que pela marca
Cor preferida: Branco


Qual é a marca de perfume que usa? Gosto muito do Light Blue  de Dolce e Gabanna


Acredita em forças ocultas? Acredito muito em Deus


Alguma vez foi aliciada? Qualquer mulher já foi, mas sei lidar com isso de forma muito educada


Onde passa as férias? Na Europa


Cidade predilecta? Paris


Virtude: Humildade


Defeito: Teimosia


Vício: Não tenho


Ídolo: O meu pai


Livro: A arte de arruinar a sua própria vida


Escritor: Paulo Coelho e Pepetela


Uma boa companhia: A minha mãe


Músico: Paulo Flores e Madonna


Comida: Mufete e fondue


Bebida: Gosto muito de sumo natural de limão sem açúcar


Sabe cozinhar? Sei


O quê, por exemplo? Lasanha, bacalhau com natas…


É ciumenta? Um pouco


Desporto: Já pratiquei capoeira e shaolin

 
Clube: Selecção Nacional


Alguma vez mentiu? Sim. Infelizmente já todos o fizemos


Já foi enganada? Já. Fiquei muito magoada


Ano que mais a marcou: 2004, quando ingressei na faculdade


Deputada ou ministra, qual dos dois cargos escolheria? escolhia ser ministra


Porquê? Creio que tem mais poder para mudar determinadas coisas, em prol do crescimento e da organização do país


O que acha da corrupção? É péssimo e no contexto actual do nosso país já não se concebe esse tipo de prática


Homossexualidade: É um estilo de vida que eu respeito. Cada um sabe o que faz da sua vida


Poligamia: É má porque magoa os sentimentos das pessoas envolvidas

 

Fonte: RV Platina

Rádio Jet7 Angola

Vídeos Sugeridos

Procurar Vídeo