Entrevista exclusiva: Mel Gamboa

   

 

Platina Line : Está há algum tempo ausente dos holofotes das figuras públicas angolanas. A que se deve esse afastamento?

 

Mel Gamboa: Como todo actor cuidadoso, há momentos de se estar nas luzes da ribalta outros de se regressar aos bastidores para descansar e preparar algo novo e melhor para apresentar. Fui descoberta para fazer tv, num palco de teatro mas mal sou conhecida como actriz portanto era altura de voltar a primeira forma. Brevemente a Mel Gamboa actriz estará de volta, melhor preparada e pronta para partilhar o que sabe com outros actores e trazer um espectáculo que há muito que queria fazer.

 

Platina Line: Há um lado negativo em ser-se uma pessoa conhecida. Lida mal com polémicas? Tem um temperamento agressivo?

 

Gamboa:  Polémica haverá sempre alguma. Contudo há quem infelizmente use essas situações para agredir, ofender e abusar  da boa vontade e quando isso ocorre há limites na paciência.

 

Platina Line: Sabemos que está a aventurar-se com um projecto novo na África do Sul. Como está a correr esta nova aposta da Mel Gamboa?

 

Mel Gamboa:  Após ter perdido a oportunidade de ser actriz principal numa série sul africana da MNET por não ter um inglês fluente de alguém que reside num país de fala inglesa, decidi que era altura de melhorar o que já sabia tanto a nível da língua como nas habilidades como actriz, porque além da escola de inglês, esta incluído nesse processo a escola de actores.

 

Platina Line: A Mel é uma das figuras mediáticas angolanas com mais versatilidade. Das artes de palco à televisão, de jornalista a actriz, passando pela produção fotográfica. Gosta de superar os seus limites?

 

 Mel Gamboa: Totalmente. Adoro ter em mão um novo desafio, mas tudo sempre esteve focado em contribuir no desenvolvimento da minha área profissional. Fazer parte da mudança da tv angolana foi uma delas e a produção fotográfica surgiu devido a uma lacuna enorme que existia e que fazia muita falta para novos valores que precisavam de ter o seu Book ou Portfólio para melhorar a sua imagem como artistas. O teatro que sempre existiu a bem ou a mal sempre procurei manter-me nele, desde que comecei aos 13 anos de idade,apesar de me ocupar noutras áreas e agora chegou a altura de voltar a dedicar-me totalmente ao mesmo.

 

Como surgiu a paixão pela fotografia por exemplo?

 

Mel Gamboa: Sinceramente não sei. Sempre quis ter uma camara fotografica para registar momentos, coisas, objectos que gosto. Por outro lado gosto de ser fotografada de prefêrencia, bem fotografada.  Para concluir aprecio o trabalho de imensos fotógrafos que são  verdadeiros artistas.

 

Platina Line: Gosta de viajar e Cabo Verde tem sido uma das suas escolhas. Conhece bem as ilhas?

 

Mel Gamboa : Para quando uma nova visita? Eu não so gosto de Cabo Verde, como amo Cabo Verde. Das vezes que estive no país senti-me em casa. Infelizmente só conheço as ilhas de São Vicente e São Nicolau. Sancent é onde passo sempre a maior parte do tempo na cidade de Mindelo, na praia da Lajinha, na Baia das Gatas, no Calhau onde fiz mergulho pela primeira vez e tenho nessa ilha grandes amigos que adoro! Próxima visita assim que puder, quem sabe esse reveillion.

 

Perguntas directas:

Uma paixão = arte dramática;

Uma aversão = trabalhar em escritório;

Um lugar = Sancent;

Um dia especial = o meu dia de aniversário;

Uma pessoa = o meu pai;

Um sabor = chocolate;

Um cheiro= incenso;

Um momento inesquecível = são muitos;

Um sonho = Ser actriz de cinema 

 

 

Fonte: Platina Line

Rádio Jet7 Angola

Vídeos Sugeridos

Procurar Vídeo