Entrevista com Gersy Pegado das Gingas do Maculusso

Entrevista com Gersy Pegado das Gingas do Maculusso

 

A equipa do Jet7 Angola entrevistou a cantora angolana "Gersy Pegado", integrante do grupo "As Gingas do Maculusso", para falar do seu primeiro CD a solo intitulado "Mamangola", a ser lançado em Abril.

 

Aproveitámos a ocasião, para questionar sobre o futuro das Gingas, e lançámos o desafio à cantora de responder algumas perguntas dos nossos leitores.

 

Leia a entrevista:


Jet7 Angola: Antes de falarmos da tua carreira a solo, gostaríamos de saber como foi a tua experiência no grupo As Gingas e a razão do grupo deixar de cantar e lançar discos.

 

Gersy Pegado: A minha experiência no meu grupo de coração e felizmente de muitos angolanos, foi e continua a ser muito gratificante. É um projecto que continua a dar muitas alegrias, e que a nível pessoal me proporcionou a grande oportunidade de ser parte de um movimento que trouxe a paixão pelos ritmos angolanos, nomeadamente o Semba, a kazukuta, kilapanga. Deu-me também a grande oportunidade de conhecer o meu País de norte a Sul, e boa parte do Mundo. É para mim um grande legado, que me impulsionou a continuar a dar passos no ramo musical, uma vez que os outros elementos do grupo, são hoje profissionais noutras áreas que não a Música. Ainda assim, lançou-se há quatro meses a Colectânea “Gingas 30 Anos”, a fim de compilar esta grande coleção de sucessos do grupo e também marcar uma época.

Jet7 Angola: Fala-nos da tua carreira a solo. O que podem os teus fãs esperar deste teu CD a solo? Já tem data para lançamento?

 

Gersy Pegado:Como já abordei, a minha carreira solo, resulta de uma grande vontade de continuar a dar passos no mundo da música, e seguir com uma história a muito começada e de grandes resultados. Trabalhei bastante, no sentido de estar a altura do grande legado que é "As Gingas". E portanto, os apreciadores da minha música devem aguardar por uma sonoridade inovadora e que acredito com espaço no nosso mercado, e sem dúvida uma grande festa em palco. O Lançamento está previsto para finais de Abril.


Jet7 Angola: Quem foram os produtores do teu CD e onde foi gravado e masterizado?

 

Gersy Pegado:Eu tive a oportunidade de trabalhar com grandes produtores da Praça, que corresponderam fielmente as minhas expectativas. Trabalhei com Freddy Bass, Nguabi Montell, Betinho Feijó, Lito Graça e Dj Mania. O álbum foi gravado, em Paris, Lisboa e Luanda, e foi misturado e masterizado em Lisboa.

 

 

Jet7 Angola:Como está a correr a promoção deste teu CD a solo? Quem é responsável pela tua promoção no mercado?

 

Gersy Pegado:A minha promoção começou a menos de uma semana, e esta a correr muito bem uma vez, que os meios de difusão reagiram ao facto de estar a lançar o meu primeiro álbum solo. E em tão pouco tempo, já fui entrevistada pelos principais órgãos, e com uma boa repercussão, o que me deixa bastante regozijada e grata pela atenção e interesse neste novo desafio. Estou pronta para dar os passos seguintes na promoção do mesmo e continuar a fazê-lo de um modo eficiente.



Jet7 Angola: O mercado musical angolano está cada vez mais exigente e competitivo. Sentes-te preparada para enfrentar as exigências do mercado?

 

Gersy Pegado: Estou ciente das actuais características do mercado, e me preparei para o mesmo. Jamais apresentaria qualquer coisa que o mercado não precisasse. Impus-me a devida exigência, a fim de apresentar um produto que me realizasse e correspondesse as expectativas do público, e espero verdadeiramente que assim aconteça.


Jet7 Angola:Já existem convites para shows em Angola ou fora do país?

 

Gersy Pegado: Lancei a minha promoção a menos de uma semana e estou completamente preparada e disponível para shows, e os meus contactos são: 937744311 e 923607554.



Jet7 Angola: Quais são as tuas principais referências na música angolana?

 

Gersy Pegado: Eu aprecio muito a sonoridade do Semba, Ngola Ritmos, Rui Mingas. Noutra vertente André Mingas, Teta Lando, Gabriel Tchiema, Mito Gaspar, Tungila Tuá Jokota, Justino Andanga. Estes representam para mim, a real sonoridade da música angolana.

 

 

 

Jet7 Angola: Antes de passarmos para as perguntas dos nossos leitores, gostarias de deixar alguma mensagem aos teus fãs?

 

Gersy Pegado: Eu estou particularmente feliz, por voltar aos palcos com novas propostas e quero muito que os apreciadores percebam, que tudo é feito especialmente para eles. Trago boa música e muita festa!

 


PERGUNTAS DOS LEITORES DO JET7 ANGOLA

1- Ainda voltaremos a ver as Gingas em palco?

 

Gersy Pegado: Fruto da boa relação que felizmente existe entre os elementos das Gingas, essa possibilidade não está descartada. Existe em cada uma de nós um orgulho muito grande na nossa Obra, e se houver disponibilidade e agendas sincronizadas, porque não, um dia?

 

2- Onde andam as restantes integrantes das Gingas?

 

Gersy Pegado: As outras integrantes estão bem, e como já tive oportunidade de abordar, são profissionais noutras áreas, que não a música.

 

3- Ainda mantém contacto com as integrantes das Gingas?

 

Gersy Pegado: Eu tenho com as Gingas uma longa e feliz vivência. Temos nos reunido sempre que possível para convivermos e até assistir aos nossos vídeos de 1900 e partir o coco a rir. É algo que nos dá muita alegria, e orgulho. A nossa coordenadora “Paula Daniela”, é a organizadora dos nossos encontros. Um beijinho fofo para ela.

 

4- Qual foi para si o maior sucesso das Gingas?

 

Gersy Pegado: Orgulha-me dizer que as Gingas têm com a anuência do nosso querido público muitos sucessos. Mas, cá para nós que muito trabalhamos nas músicas até que elas cheguem ao público, o Tema "Xiyami", é para mim o hino do meu grupo.

 

5- Com que idade começou a cantar?

 

Gersy Pegado: Comecei a cantar aos 3 anos, na RNA, no Festival 1º de Junho. Pode-se encontrar gravações dessa altura na nossa colectânea “Gingas 30 Anos”, onde um dos discos traz músicas gravadas nos Anos 80.

 

 

Perfil:

Nome Completo: Gersy Lectícia Roque Pegado
Data de Nascimento: 20 de Março de 1979
Naturalidade: Luanda
Passatempos: Caminhar, filmes e viajar
Filhos: (1) Arnaldo "Joshua" Pegado Eduardo
Estado civil: Casada
Filmes Favoritos: Curto uma boa Comédia, mas marcou-me um drama "O Conde de Monte Cristo"
Músicos Favoritos: André Mingas, John Legend, Angelique kidjó, Lauryn Hill
Livros Favoritos: São inúmeros, mas estou apreciar o bestseller "Comer, Orar, Amar"
Eu sou viciada em: Longevidade, saúde e bem-estar espiritual

 

Fonte: Jet7 Angola

Rádio Jet7 Angola

Vídeos Sugeridos

Procurar Vídeo