Empresa angolana Ritek quer lançar novo festival

A empresa angolana Ritek, que pela primeira vez patrocina o Festival de Música de Paredes de Coura, está em negociações com a organização para continuar parceira e criar um projecto “senão idêntico, pelo menos semelhante” em Angola, informou ontem a agência Lusa.

 

A revelação foi feita à Lusa pelo presidente da Ritek, António Cristóvão, que referiu que a empresa “abraçou a cultura como maneira de se internacionalizar e dar aos angolanos algo de mais qualidade. Há também perspectivas da empresa produtora de Paredes de Coura trabalhar em Angola”, afirmou.

 

Quanto ao patrocínio para 2012, data de comemoração dos 20 anos do festival Paredes de Coura, António Cristóvão disse que estão a decorrer as negociações.

 

“Estamos a envidar esforços para colocar Luanda na rota internacional dos espectáculos. Mas para isso precisamos continuar a manter contactos com empresas de entretenimento e outras instituições culturais conceituadas, de maneira a reunir condições, por meio da experiências deles no ramo, para  materializar este propósito”, disse o director da Ritek.

 

João Carvalho, director da organização do Festival de Música de Paredes, confirmou as negociações, mas referiu também que existwem empresários portugueses interessados em apoiar projecto.

 

Na África do Sul, a empresa já patrocina um festival e em Portugal a escolha de Paredes de Coura teve a ver com o facto de ser um dos “melhores” daquele país.

 

“Temos escritórios em Lisboa e em Madrid por isso queremos dar a conhecer a empresa, que na Europa está vocacionada para a intermediação de negócios. Queremos estabelecer-nos como parceiros credíveis para ajudar empresários angolanos que queiram intervir nestes mercados e vice-versa”, explicou o responsável.

 

Em Angola, a empresa Ritek produz o Luanda Internacional Jazz Festival além de intervir nas áreas do turismo, hotelaria, transportes e agricultura.

 

Fonte: Jornal de Angola

Rádio Jet7 Angola

Vídeos Sugeridos

Procurar Vídeo