Emoção no tributo a André Mingas

 

Um misto de emoção, uma sala, várias vozes, uma sintonia que encheu o coração, um tributo comovente de gente que busca esperança.

 

De Carlitos Vieira Dias a Kanda, de Katyla Mingas a Kizua Gourgel, de Yuri da Cunha a Heavy C, entre tantos outros nomes igualmente sonantes, os poemas de André Mingas foram cantados de corpo e alma.
  
É costume dizer-se que a sala foi pequena ou que o estado de arrepio na audiência foi constante e de facto assim foi, todas essas sensações e muito mais. André Mingas não estava em palco, mas cada músico conseguiu trazer um bocado da voz que nos deixou há um ano, deixando também saudade e alegria de suas canções interpretar.
  
Entre muitas surpresas nesse palco cheio de harmonia, sustentado por uma orquestra maravilhosa, Ayame Mingas vibrou na homenagem ao pai.
  
E se estava destinado a que a noite pulsasse tanta beleza musical, então o fado de Carlos do Carmo encaixou na perfeição, bem como o ritmo de Jorge Aragão.

Não cantou, mas visivelmente emocionado e feliz com esta homenagem, Ruy Mingas subiu ao palco para cumprimentar todos quantos participaram neste concerto.
  
Passou um ano da morte de André Mingas e neste tributo, a 25 de Outubro, na tenda do Hotel de Convenções de Talatona, havia também uma missão, ajudar o Centro Nacional de Oncologia, que beneficiou de três milhões e quinhentos mil kwanzas.

 

Fonte: Sapo Banda

Rádio Jet7 Angola

Vídeos Sugeridos

Procurar Vídeo