Embaixada americana promove show com entrada livre em luanda

Embaixada americana promove show com entrada livre em luanda

 

Luanda - O quarteto norte-americano Windborne divide, de 6 a 10 do corrente mês, o palco com algumas referências da música angolana, entre as quais Waldemar Bastos, no âmbito do projecto “Estamos Juntos! Lidere a Diferença - Seja um Mentor!”.

 

Segundo uma nota da embaixada norte-americana em Angola enviada hoje, terça-feira, à Angop, o projecto desenvolve-se no âmbito do intercâmbio cultural entre os dois países.


“Trata-se de um evento que vai juntar, para além do maestro Waldemar Bastos e o Windborne, outros nomes da música angolana, que através da música vão valorizar o aspecto social, tentando apoiar e inspirar mentores para os jovens angolanos”, lê-se no documento.


Na lista constam ainda os músicos Jack Nkanga, Selda, Toty Sa’Med, Chelsy Shantel, The Twins e Marinela Ribeiro.


O quarteto folclórico Windborne vem a Angola ao abrigo do programa do Departamento de Estado dos Estados Unidos da América “American Music Abroad” (Música Americana no Estrangeiro), que visa o reforço dos laços entre os dois povos.


Durante a sua permanência em Luanda o quarteto trocará experiências e promoverá o intercâmbio cultural através de sessões de improviso, concertos e workshops com jovens e músicos angolanos.

 

Os artistas nacionais sobem ao palco no dia 8 de fevereiro (sábado), na Baía de Luanda - Marginal, pelas 20h e a entrada é gratuita.

 

Fonte: Angop

Rádio Jet7 Angola

Vídeos Sugeridos

Procurar Vídeo