Eduardo Paim anuncia lançamento de novo disco

Eduardo Paim anuncia lançamento de novo disco

 

O conceituado músico Eduardo Paím decidiu pôr fim ao silêncio e anunciou o lançamento de um novo disco, nos próximos dias. Não adiantou datas precisas e preferiu manter o título em segredo.

 

Mas garante que “está a caminho. Dentro de semanas começo a dizer datas e no período de um mês, dois, no máximo, o disco vai estar no mercado. Já está gravado e tem 13 músicas, nas quais abordo situações do nosso quotidiano, como o amor, os encontros, desencontros, os engarrafamentos, a poluição, entre outros.”

 

Referência angolana da kizomba, Paím disse, em entrevista à Angop, que o título ainda não é do conhecimento público, porque pode mudá-lo a qualquer instante. Quanto ao estilo, vai manter os que sempre o caracterizaram, como a kizomba, rumba, semba, e outros mais, “já que o universo da música é vasto e indescritível. Neste disco até fado canto. E há também uma balada, um bolero. Penso que é um projecto de que as pessoas vão gostar.”

 

Com quase 40 anos de carreira, Paím salientou que ainda não se sente realizado, pois “acho que qualquer ser humano é inconformado por natureza”. Pensa continuar na música “até onde as minhas forças me deixarem. A música faz parte da minha vida e se conseguir chegar aos 80 anos e ainda tiver forças para cantar, vou fazê-lo até que a voz me doa, como se diz.”

 

Nascido no Congo Brazzaville, a 13 de Abril de 1964, Eduardo Paím começou a tocar viola no grupo musical escolar, na província de Cabinda, quando tinha apenas 11 anos. Em 1982, fundou o grupo SOS, ao lado de Bruno Castro, Levy, Carlos Teixeira Cassé, entre outros. Eduardo Paim é autor, entre outras, das obras “Luanda, Minha Banda”, 1991, “Novembro” (1991), “Do Kayaya” (1992), “Kambuengo” (1993), “Kanela” (1994), “Ainda a Tempo” (1995), “Mujimbos” (1998), “Maruvo na Taça” (2006) e “Etu mudietu” (2012).

 

Fonte: Jornal de Angola

Rádio Jet7 Angola

Vídeos Sugeridos

Procurar Vídeo