Dom Caetano defende criação de mais programas músico-culturais

Luanda- A abertura de mais espaços culturais, à semelhança do Centro Cultural e Recreativo Kilamba, vai potenciar ainda mais a divulgação e valorização da música angolana, dando aos artistas oportunidades de melhor mostrarem os seus trabalhos.

 

Dom Caetano defende criação de mais programas músico-culturais

 

Em entrevista à Angop a propósito  do estado da música angolana, Dom Caetano considerou que a criação de programas culturais semelhantes  ao Muzongue da Tradição como uma mais-valia para os cantores  e sobretudo para a divulgação e expansão da música nacional a nível dos  municípios e províncias.

 

Segundo Dom Caetano, é preciso haver mais acções que permitam os interessados a criarem programas do género, possibilitando que os artistas possam ter de  facto a música como profissão e os empresários ganharem com estes investimentos.

     

O músico reconhece que tal como em tempos idos estes programas  culturais engrandecem   a cultura nacional, bem como dar a conhecer a música angolana para além de incentivar os jovens a optarem por temas  que retratam os ritmos do país.

 

 O artista referiu que se fala muito em resgate de valores e a salvaguarda dos mesmos, considerando  ser importante a promoção da cultura para que as gerações vindouras não sejam obrigadas  a rebocarem-se  em outras culturas  devido às fortes influências que sofre todos os dias por causa da globalização.

 

Dom Caetano informou que nos últimos anos debate-se muito sobre a necessidade da passagem de testemunho dos músicos mais consagrados para os jovens, acredita que este tipo de convivência entre ambos em programas culturais seria uma mais-valia para cultura e bom para a preservação da história de Angola.

 

O artista congratulou-se com o surgimento de novos estilos musicais por partes dos jovens, referindo que hoje há muitos cantores da nova vaga a interpretarem  o Semba e outros ritmos nacionais,  situação que lhe deixa bastante tranquilo quanto à preservação da cultura dos angolanos.

 

Caetano Domingos António ou simplesmente Dom Caetano foi vencedor do Prémio Welwitchia, atribuído pela Rádio Nacional de Angola, em 1987, como vocalista dos Jovens do Prenda com a canção “Nova Cooperação”, e em 1991 ganhou o prémio da União Nacional dos Camponeses de Angola com a canção “O meu chão tem tudo”.

 

Fonte: Angop

Rádio Jet7 Angola

Vídeos Sugeridos

Procurar Vídeo