Documentário «Kuduro - Fogo no Museke» estreia em Luanda

Documentário «Kuduro - Fogo no Museke» estreia em Luanda

 

O documentário “Kuduro - Fogo no Museke” do cineasta Jorge António, abre amanhã, às 19h00, no Cine Teatro Nacional, em Luanda, o segundo ciclo de música do projecto “Quartas de Cine”, uma iniciativa da Alliance Française.

 

A instituição explicou, numa nota de imprensa, que as “Quartas de Cine” são um encontro entre os cinéfilos para descobrir o melhor do cinema francês, francófono e angolano, em projecções e apresentações feitas, quinzenalmente, por várias figuras do mundo artístico e audiovisual.

 

O referido ciclo decorre até ao fim do mês de Junho, altura em que é realizada a Festa da Música, actividade feita para mostrar os vários géneros musicais, numa viagem que começa em Angola e vai até à América do Norte.

 

“Angola nunca tinha assistido a um movimento cultural tão dinâmico e polémico como o kuduro, desde a sua Independência. Nenhum outro género musical ultrapassou tão rapidamente as fronteiras para se tornar-se num fenómeno internacional. ‘Kuduro - Fogo no Museke’ é o retrato social e cultural de uma geração, que quer, acima de tudo, ser a voz de uma nova Angola”, informa a nota.

 

Os outros três filmes a serem exibidos também focam a música. Um traz a experiência de um espectáculo ao vivo, realizado no âmbito de uma actividade beneficente, enquanto o outro mostra o retrato de um grande pianista que era deficiente físico. O último filme do ciclo faz uma análise aos músicos de Luanda, no contexto da guerra.

 

Dia 21 é apresentado o documentário “África Live, Mick Csaky”, produzido em 2005, entre a França e o Senegal, a 4 de Junho o documentário “Michel Petrucciani, Michael Radford”, produzido em 2011, em França e nos Estados Unidos e dia 18 o documentário “Canta Angola”, do realizador Ariel de Bigault, filmado em Angola e França.

 

Fonte: Jornal de Angola

Rádio Jet7 Angola

Vídeos Sugeridos

Procurar Vídeo