Director do Angola Music Awards responde às críticas de Kizua Gourgel

O director executivo do Angola Music Awards, Daniel Mendes, respondeu às críticas feitas pelo músico angolano, Kizua Gourgel, a respeito dos prémios atribuídos pela organização do concurso, na sua última edição, realizada este fim-de-semana.

Entre as críticas feitas por Kizua Gourgel, e que estão a ser motivo de debate em vários círculos sociais, está o prémio de Melhor Produtor Musical, atribuído ao músico Nelo de Carvalho, e ainda o prémio de Melhor Afro Jazz e World Music, atribuído à Nsoki, pela canção “Vai-te Embora”.

Kizua Gourgel não concorda com os prémios, por considerar que foram atribuídos às pessoas erradas, e argumenta a sua crítica dizendo que Nsoki não canta Afro Jazz. Kizua vai mais longe, e diz não reconhecer qualquer legitimidade ao Angola Music Awards.

Face a repercussão da crítica de Kizua, Daniel Nascimento decidiu convidar o director do Angola Music Awards, no programa Zap News, para dar o seu parecer sobre a polémica.

Segundo o director do evento, a categoria em que Nsoki concorreu é referente a dois estilos, e o tema da cantora estava inserido na categoria World Music.

O director afirmou ainda que a organização do concurso está aberta a críticas e sugestões, e lançou um convite ao músico Kizua Gourgel, no sentido de integrar a equipa de jurados da próxima edição do Angola Music Awards.

Veja um excerto do vídeo da entrevista ao director do Angola Music Awards

 

 

 

 

Fonte: Jet7 Angola / Zap News

(Foto e vídeos: Reprodução)

Rádio Jet7 Angola

Vídeos Sugeridos

Procurar Vídeo