Denzel Washington aposta na comédia

Vencedor de dois Óscares e identificado com papéis dramáticos, o actor americano Denzel Washington decidiu mudar aos 58 anos e participar numa comédia de acção em “Dose dupla” (2 Guns), que estreia hoje nos Estados Unidos.

 

Neste filme realizado pelo islandês Baltasar Kormakur, Denzel Washington interpreta um agente da DEA (a agência anti-drogas dos Estados Unidos) infiltrado num cartel de drogas mexicano, juntamente com um agente do serviço de investigação criminal interpretado por Mark Wahlberg.


O papel significa uma viragem para o experiente actor, especialmente depois do seu último filme “Flight” (O voo, de 2012), um drama no qual ele interpretou um piloto de avião com problemas de alcoolismo e drogas, e ganhou vários prémios e uma nomeação ao Óscar. “Depois de ‘Flight’ estava à procura de algo mais divertido”, declarou Denzel Washington durante uma conferência de imprensa num hotel em Nova Iorque.


“Então, quando eu li o argumento e ouvi que Mark estava envolvido, eu disse ok, podem ficar tranquilos, porque Mark não é apenas divertido, mas também um duro”, acrescentou, referindo-se à participação de Mark Wahlberg.


No filme, Robert Trench (Denzel Washington) e Marcus Stigman (Mark Wahlberg) desconfiam um do outro, até que finalmente percebem que os seus chefes já não os apoiam e decidem trabalhar juntos para salvar as suas vidas, numa aventura cheia de acção e reviravoltas engraçadas. “Para mim foi um novo território. É por isso que eu quis passear com alguém que conhece esta área melhor do que eu”, disse Denzel Washington, que possui uma longa história, com a primeira aparição nas telas em 1975 e dois Óscares por “Tempos de glória” (1989) e “Dia de Treinamento” (2001). Mark Wahlberg, mais acostumado a tais papéis como em “Three Kings” (Três Reis, de 1999), Ted (2012) e o mais recente “Pain and Gain” (Sem dor, sem ganho, de 2013), ressaltou a vontade de Washington em mostrar o seu lado mais divertido.


“Nós conhecemo-nos há algum tempo. O que me surpreendeu foi a disposição de Denzel em tentar qualquer coisa”, disse o actor de 42 anos, também presente na conferência de imprensa. Por sua vez, o realizador Batlasar Kormakur também destacou a versatilidade de Denzel Washington, conhecido pelas suas interpretações como o activista afro-americano “Malcolm X”, o boxeador Rubin “Hurricane” Carter e o mafioso Frank Lukas. “Ele divertiu-se muito. Infelizmente, o Mundo não teve a chance de ver o seu lado tão divertido como deveria”, disse o cineasta islandês, que já trabalhou com Mark Wahlberg em “Contrabando” (2012).

 

Fonte: Jornal de Angola

 

Rádio Jet7 Angola

Vídeos Sugeridos

Procurar Vídeo