Coréon Dú triste por Jikulumessu ter sido censurada na TPA

Coréon Dú triste por Jikulumessu ter sido censurada na TPA

A suspensão da telenovela Jikulumessu da grelha de programação da TPA (Televisão Pública de Angola) por apresentar cenas homossexuais continua a dar que falar nos meandros da sociedade angolana.

Na manhã desta quarta-feira (4), surgiram vários movimentos de protesto nas redes sociais, incluindo de actores participantes da telenovela, como o caso de Sílvio Nascimento com a publicação do texto “Je Suis Jikulumessu. Queremos a novela de volta na TPA”.

Pois bem, desta vez, foi a vez de Córeon Dú, um dos mentores de Jikulumessu se manifestar a título pessoal, usando também as redes sociais.

Na sua publicação, enviada há poucas horas, Coréon Du afirma estar satisfeito com o apoio que tem recebido dos fãs de Jikulumessu e garante que está mais motivado, mas reconhece os excessos transmitidos na telenovela.

Apesar disso, Coréon Dú afirmou estar entristecido com o acto de censura cometido pela TPA, ao retirar a sua produção da grelha de programação:

“Muito Obrigado a todos aqueles fãs do ‪#‎Jikulumessue apreciadores dos projectos da Semba Comunicação que me tem enviado mensagens de apoio e encorajamento face a decisão da Televisão Publica de Angola (TPA) de retirar a telenovela do ar.

Sinto-me feliz e motivado em saber que tal como eu, vocês acreditem na expressão artística e no valor dos projectos que desenvolvemos para enaltecer o talento, profissionalismo e capacidade de vários artistas e criativos Angolanos e não só.

Como cidadão acredito na convivência harmoniosa, onde a minha liberdade pessoal e profissional não pode de modo algum infringir sobre a liberdade de terceiros.

Projectos artísticos desta natureza tem como objectivo o lazer , mas também devem gerar dialogo e debate de forma salutar. Felizmente eu e a minha equipa somos sensíveis as inquietações e opiniões dos consumidores dos produtos que produzimos. Foi por esta razão que humildemente reconhecemos que a nossa abordagem dos temas debatidos na telenovela como : a violência juvenil, consume de estupefacientes, delinquência, corrupção, poligamia, homossexualidade e a prostituição , poderá em algum momento ter ferido algumas sensibilidades.

Evidentemente que fiquei entristecido pela forma como foi cometido o acto de censura que o projecto sofreu pelo órgão que emite a telenovela, independentemente da sua eventual motivação . Por este motivo humildemente deixamos a nossa abertura como produtora da novela para fazer correções na representação de alguns conteúdos mais sensíveis para assegurar que a abordagem dos mesmos em Jikulumessu mantém o valor pedagógico inicialmente pretendido.

Fico muito feliz em saber que muitos de vocês apoiam o projecto e tal como todo o elenco e equipa de produção da ‪#‎telenovelaaguardamos pela possibilidade do mesmo voltar ao ar.

Deixo para todos um Kandadu fraternal e Bem Angolano como agradecimento a todos que tem enviado muitas mensagens de apoio e motivação a mim e para os demais envolvidos no projecto.

Ngassakidila. Coréon Dú”, escreveu.

Enquanto a produtora Semba Comunicação tenta fazer as devidas alterações ao conteúdo da telenovela, fãs e actores aguardam desesperados pelo retorno da transmissão na TPA.

Fonte: Jet7 Angola

Rádio Jet7 Angola

Vídeos Sugeridos

Procurar Vídeo