Coréon Dú pede união no seio dos kuduristas

O músico Coréon Dú considerou em Luanda, ser imprescindível a união entre os intervenientes do género “kuduro”, para que haja maior divulgação do estilo no estrangeiro.

 

Falando à Angop, à margem da conferência sobre “kuduro angolano para a África e o Mundo”, iniciada na quinta-feira em Luanda, e que terminou no dia seguinte, disse que a união vai permitir que os amantes deste estilo musical reconheçam os valores dos artistas e promotores culturais angolanos.

 

A conferência de kuduro, que reuniu especialistas nacionais e estrangeiros, foi organizada pela Associação Chá de Caxinde e a Produtora da Banda. Para Coréon Dú, a falta de solidariedade entre os músicos nacionais tem enfraquecido muitos projectos destes, o que para ele se torna prejudicial, em especial para a cultura angolana.

 

O músico sublinhou também a necessidade de se prestar mais atenção aos kuduristas, do ponto de vista da educação musical, visto que este conhecimento pode ser usado ainda para educar e direcionar melhor o talento destes jovens. Durante dois dias, os conferencistas falaram também sobre a origem do kuduro e os seus principais mentores.

 

A conferência visou também congregar pesquisadores angolanos e estrangeiros que estudam o kuduro e as suas origens, para criar uma reflexão sobre o tema como movimento cultural e social, assim como falar da sua influência no país e no Mundo.

 

Fonte: Jornal de Angola

Rádio Jet7 Angola

Vídeos Sugeridos

Procurar Vídeo