Cef diz que não fugiu da editora «Millionário Family»

 

Em entrevista à Rádio Luanda, o especialista do "Amor é Prático" revelou não ter "beefs" com a Milionário, que foi o destino quem traçou o seu caminho e há que "evitar certos problemas", no que toca à vida amorosa.

 

Cef é com certeza um dos nomes mais sonantes do últimos tempos no que diz respeito ao mercado de R&B em Angola. Lançou recentemente a sua primeira obra discográfica intitulada “Botão de Rosa”, na Praça da Independência que já é considerada um sucesso e que o levou a ganhar o prémio de melhor artista revelação no Angola Music Awards com o tema "Amor é Prático".

 

Em entrevista na Rádio Luanda, o músico romântico confessou estar feliz com tudo o que tem acontecido na sua vida profissional, mostrou ser um homem apaixonado pela sua namorada e esclareceu rumores sobre a sua saída da editora Millionário.

 

Desmentindo os boatos que acusavam Cef de ter "fugido" da Milionário Family, o músico afirmou que não fugiu da Milionário.

 

"Não fugi, o meu contrato com o Sr Horácio Mosquito terminou e então decidi fazer o meu trabalho sozinho. Achei que estava preparado para isso e aí houve a necessidade de procurar alguém para fazer edição e distribuição do CD e encontrei a LS".

 

Culpa do destino

 

Considerando a antiga editora "uma família", da qual vai fazer sempre parte porque "foi a primeira que deu a mão", Cef afirmou não ter tido alternativa: "A Milionário gastou dinheiro por mim, pagou um estúdio para eu gravar então não posso ser ingrato com eles. Em relação à minha saída da produtora, o que digo é que existem coisas que os humanos não muda, Deus destinou isso e então isto tinha de ser mesmo assim, ou seja, eu tinha de sair da milionário e fazer um álbum editado e distribuído pela LS. Eu não faço o destino e acho que isso é só mais um caminho que Deus fez e abriu as portas para eu poder passar, agora se um dia eu voltar para lá, serei sempre bem vindo porque eu tenho uma boa relação com o Mi e com todo o pessoal desta produtora. Não saí com Beefs porque eu não sou disso, estou na paz".

 

Um Cef conformado, mas com sonhos

 

"Tenho dito aos meus amigos que todo o homem ama a sua mulher mas deseja muitas. Há momentos em que eu também reparo noutras mulheres e admiro as qualidades individuais, mas conformo-me com a minha e procuro evitar certos problemas".

 

O músico deixou ainda escapar algumas curiosidades que muitos ainda não sabem. Entre as quais constam que apesar do primeiro lançamento recente, Cef já canta há 13 anos e anteriormente representava o estilo rap.

 

É uma pessoa muito reservada que prefere estar apenas entre amigos e tem o seu o irmão, Jack NKanga, como a sua maior inspiração. Cef sonha cantar como Jack NKanga porque "ele é muito forte tecnicamente", além de ter sido por influência dele e de Toni Lav que entrou no mundo da música.

 

Álbum Botão de Rosa

 

O álbum lançado no corrente mês conta com 12 faixas de r&b, zouk e funk, a maioria dos temas fala sobre o amor ao próximo. Entre os temas incluídos no CD destaque para "Amor é Prático" e "Pintor de Rua".

 

O artista contou com as participações de Nino Jazz (piano), Constantino e Isaú Baptista (guitarristas), e as produções de Smash, Wonderboyz, Detergente e o sul-africano Theo Tuge.

 

Captado na AQ e Rádio Vial, em Luanda, o disco foi misturado e masterizado na África do Sul. A edição e distribuição são da responsabilidade da LS Produções. Cef é responsável pela produção artística do álbum juntamente com Carlos Fernando Tanzi.

 

Fonte: Sapo Banda

Rádio Jet7 Angola

Vídeos Sugeridos

Procurar Vídeo