Casa de Caló Pascoal assaltada em Luanda

A casa do músico Caló Pascoal, designado recentemente para as funções de activista dos direitos da criança, pelo Instituto Nacional da Criança (INAC), foi assaltada.

 

Localizada na zona da Sapu II, município de Belas, imediações do Estádio Nacional 11 de Novembro. A residência encontra-se fechada. O facto foi confirmado na terça-feira à Rádio Luanda pelo próprio artista.

 

Caló Pascoal explicou que há algum tempo que estava a receber telefonemas dos vizinhos, a informarem-no que homens armados tinham ocupado a casa e se tinham declarado seus proprietários. “Já participei à Polícia o ­sucedido. Arrancaram as loiças da cozinha e da casa de banho e afirmam-se donos da residência, que é minha e ainda nem sequer acabei de pagar ao Banco de Poupança e Crédito”, disse. “Agora, só me resta trabalhar para consiguir restituir a legalidade da mesma.”

 

O autor de “Fim de Mundo”, “Fé” e “Santa Mariazinha” disse acreditar que a Polícia vai repôr a legalidade dos factos”. Produtor, compositor e intérprete, o artista iniciou a carreira nos anos 90, como bailarino, com o grupo Necaf Brothers, um dos primeiros a surgir na senda da “febre” do kuduro, e logo depois tornou-se DJ.

 

Fonte: Jornal de Angola

Rádio Jet7 Angola

Vídeos Sugeridos

Procurar Vídeo