Cantora angolana França em entrevista no Jet7 Angola

A cantora angolana França esteve recentemente em entrevista no Jet7 Angola. Nesta entrevista a cantora partilhou aspectos da sua vida pessoal e os motivos que a levaram a afastar-se temporariamente dos palcos.

 

A cantora que já colaborou com nomes como Heavy C e Daniel Nascimento, está agora a preparar o seu regresso aos palcos e promete surpresas agradáveis.

 

Cantora angolana França em entrevista no Jet7 Angola

 

Jet7 Angola: Quem é a França ?

 

França: A França é uma cantora angolana que desde muito cedo sonhou em ser cantora e que graças a Deus concretizou o seu sonho.

 

Jet7 Angola: Fale-nos um pouco do seu percurso artístico e sobre quem são as suas referências musicais?

 

França: Canto desde pequena, o meu grande sonho foi sempre ser cantora, e a medida que o tempo foi passando este desejo foi se tornando mais forte. Tomei a decisão de correr atrás do meu sonho, que com a graça de Deus fui abençoada. Foi tudo muito rápido e um tanto quanto fácil naquela altura, encontrei pessoas que se identificaram com o meu projeto e os meus objetivos com relação a música e que me apoiaram logo no início.

 

Formei um dueto com o Heavy C (Os Only. D) e daí nasce o meu primeiro disco com o título "Chegamos" que em 2001 fez-me aparecer na senda da música Angolana, tendo mesmo me sido atribuído o título de "Voz Revelação Feminina 2001",  da Rádio Luanda. De lá pra cá foi um longo caminhar onde muitas coisas boas aconteceram na minha carreira musical e na minha vida pessoal.

 

Carrego comigo histórias de sucesso pessoal, algumas peripécias, mas concluindo não me posso queixar porque penso que recebi e tenho recebido muitas bênçãos de Deus. Gravei em 2010 o meu 2º trabalho discográfico com o título MINHA VIDA MEU MUNDO exprimindo e refletindo as coisas boas da vida, o amor, os valores familiares e o reconhecimento.

 

Quanto as minhas referências musicais não tenho uma a quem posso apontar taxativamente, tento beber de tudo um pouco para poder criar o que é meu, sou uma boa ouvinte, e uma boa observadora, há situações, sons, estilos, maneiras de ser e de estar com as quais me identifico e que vou apreendendo, para criar também o que é meu. Somos seres únicos e como seres únicos que somos, apesar de olharmos para o lado, acabamos sempre por fazer algo diferente. Gosto dos compositores e dos músicos angolanos no geral, e em particular admiro o Daniel Nascimento e o Heavy C.

 

Jet7 Angola: A França é uma cantora com uma carreira que já leva alguns anos. No entanto, esteve ausente durante muito tempo. Quais foram as razões que determinaram o seu afastamento dos palcos?

 

França: Nunca me afastei, retirei-me apenas física e temporariamente dos palcos, mas isto não quer dizer que ausentei-me durante todo este tempo. A música vive em mim e não consigo livrar-me dela (risos), mas respondendo diretamente a sua pergunta achei que era altura de afastar-me um pouco e me dedicar à outras coisas que tracei como prioridades para a minha vida pessoal. Tento como mulher conciliar carreira artística, formação e vida familiar, daí ter que sacrificar umas coisas em detrimento de outras, mas sempre pelo bem.

 

Jet7 Angola: Neste momento está a preparar alguma obra discográfica? O que podemos esperar deste novo trabalho em termos de sonoridades?

 

França: Sim, mas ainda estou muito ligada ao meu último projeto musical por ser ainda uma novidade para muitos, mas já estou sim a pensar no próximo projeto, tanto mais que já gravei um tema diferente do que até então fiz, ou seja uma novidade musical. Em termos de sonoridades vou apostar na mesma qualidade do meu último trabalho, tentando sempre melhorar na harmonia dos sons e naquilo que é agradável de se ouvir, tendo sempre em consideração que o ouvinte de hoje, é apreciador de boa música, e está  cada vez mais exigente neste aspeto.

 

Jet7 Angola: Quem escreve as músicas que a França interpreta?

 

França: A maioria sou eu mesma, mas gosto de diversificar juntando ao meu leque de  músicas e composições, trabalhos de artistas que admiro, que considero interessantes e com os quais me identifico.

 

Jet7 Angola: Partilha da mesma opinião que aqueles, que classificam a kizomba como um estilo musical tecnicamente e vocalmente menos exigente, quando comparado com outros géneros musicais como o rnb, ou o jazz por exemplo?

 

França: De maneira nenhuma, toda arte e toda forma de representação requer uma certa preparação ou um dom e a kizomba a par dos outros estilos musicais tem o mesmo nível de exigência.

 

Jet7 Angola: Para este novo trabalho vai manter a colaboração com Daniel Nascimento ou trabalhará com outros artistas?

 

França: Tenho uma lista de colaborações memorizadas na minha cabecinha, mas sou muito imprevisível, as vezes me surpreendo a mim mesma (risos), por isso quanto a isso o melhor é esperar pra ver.

 

Jet7 Angola: Existe algum segredo para o sucesso de uma música?

 

França: Na minha modesta opinião não existe uma fórmula exacta, mas muita coisa passa por: 1º  muito trabalho, 2º  perseverança, 3º alguma sorte.

 

Jet7 Angola: Já aconteceu alguma vez não incluir no álbum, uma música de que tanto gostava, por esta não agradar a equipa que trabalhava consigo?

 

França: Não nunca me aconteceu.

 

Jet7 Angola: Sabemos que o meio artístico musical não é fácil. Qual foi a experiência mais difícil que viveu desde que iniciou a sua carreira musical?

 

França: A perda prematura de uma das pessoas que mais força me deu nesta minha aventura pela música, o meu querido irmão que já não está entre nós, e o meu retiro físico temporário dos palcos.

 

Jet7 Angola: Que pessoas nunca deixaria para trás?

 

França: Os meus familiares.

 

Jet7 Angola: Para terminar, o que vai no seu coração?

 

França: No meu coração vai uma mensagem de paz, amor e esperança de dias melhores para o mundo e em particular para a nossa querida Angola, que façamos do mundo um lugar melhor e mais seguro para se viver, sem desavenças, sem guerras, e que cada um dê o melhor de si, para melhorarmos essa que é a nossa casa comum, o mundo.

 

Perfil:

 

Nome Completo: Ana Cristina França

Data de Nascimento: (Se não for inconveniente prefiro não revelar)

Natural de : Lubango

Passatempos: Leituras, filmes, música

Filhos: 2 (casal)

Estado civil: Casada

Filmes Favoritos : Pretty Woman (Julia Robert e Richard Gere) 

Músicos Favoritos : Mariah Carey, Suzana Lubrano, Madonna

Livros Favoritos : Bíblia Sagrada

Eu sou viciada em : Música

 

Fonte: Jet7 Angola

Rádio Jet7 Angola

Vídeos Sugeridos

Procurar Vídeo