Bangão e Euclides da Lomba fecham ano no Kilamba

Bangão, um dos convidados para o encerramento da temporada do KilambaLuanda - Os músicos Bangão e Euclides da Lomba fecham sexta-feira a temporada anual de espectáculos do Centro Cultural e Recreativo Kilamba, em Luanda.

 

Segundo o responsável do espaço, que avançou a informação hoje à Angop, Estêvão Costa, além de servir de fecho da temporada, a actuação dos dois artistas enquadra-se também no programa relativo ao fim de ano.

 

“A intenção é procurar fechar o ano tal como começamos. O lema da casa é valorizar e divulgar cada vez mais o semba e os artistas angolanos, razão pela qual fechamos o ano com estes dois artistas de renome nacional”, reforçou. 

 

Avançou que os dois músicos sob sua responsabilidade a animação da noite, contando, para tal, com o vasto reportório que possuem e o facto de contarem com um elevado número de fãs no mercado musical angolano.

 

Perfil de Bangão

 

Bernardo Jorge “Bangão”, vencedor da edição 2005 do Top dos Mais Queridos, nasceu a 27 de Setembro de 1962, no município do Sambizanga, em Luanda, onde se iniciou na música. Bangão pisa pela primeira vez um palco a 18 de Outubro de 1978 como integrante do grupo os Gingas Kakulo Kalunga.

 

De 1989 a 1992, fez parte do conjunto Nzimbo e grava em 1992 o CD “Sembele” com os temas “Emoção”, “Mingas”, “Mucongo”, “Kiamy”, “Fonseca”, “Sembele” (que dá o título ao disco), “Kuatequessa”, “Manheno” e “Sambito”.

 

Em 1996 vence o prémio Liceu Vieira Dias, com o tema “Kibuikila” (Peste), acompanhado pela Banda Maravilha. Em plena ascensão da carreira Bangão é convidado, em 1999, a fazer parte da Banda Movimento sempre como vocalista.

 

No mesmo ano, ganha a primeira edição do concurso “Semba de Ouro” com a canção “Kangila” (pássaro agoirento) e afirma-se como cantor e compositor de inequívocos créditos firmados.


Bangão já participou em espectáculos realizados em Portugal, Argentina, Namíbia e Brasil, onde ­dividiu o palco com cantor o brasileiro Gilberto Gil.

 

Euclides da Lomba

 

Autor das músicas "Livres serás", "Coladera", "Aventuras", "Agonias", "Coisas da vida", "Recado do Semba", "Saudades", "Amor e tamanho", "Vida", "Fiote", "Parrandeira", está actualmente a preparar mais um disco para o mercado nacional.

 

O músico já tem três discos no mercado, nomeadamente “Livre serás” (1998), “Desejo malandro” (2000) e “Recado do Semba” (2004).

 

Fonte: Angop

Rádio Jet7 Angola

Vídeos Sugeridos

Procurar Vídeo